Não fazer revisão no veículo antes de viajar pode causar prejuízos de até R$ 5 mil; saiba dicas de itens básicos

Conforme o proprietário da Auto Center Surditech, Alex Favaretto, a revisão de rotina tem o investimento em cerca de R$ 450, mas se não feita, o prejuízo pode ser bem maior


0
Revisão de rotina evita problemas maiores no veículo, segundo o mecânico (Foto: Gabriela Hautrive)

Viajar de carro durante feriados ou férias exige ainda mais atenção por parte dos motoristas quanto a manutenção dos veículos. Para aproveitar melhor os dias de folga e não ter imprevistos, o recomendado é procurar uma oficina mecânica para fazer revisão. Conforme o proprietário da Auto Center Surditech, Alex Favaretto, para uma revisão de rotina, o investimento fica em cerca de R$ 450, mas se não feita, o prejuízo pode ser bem maior, segundo o mecânico. “As vezes dá R$ 3, 4, até R$ 5 mil, dependendo se vai ferver o motor, tem que fazer cabeçote. Enfim, esse valor é contando se os freios estiverem bem”, destaca.


ouça a reportagem

 


O empresário também destaca os itens básicos de cuidados que se deve ter com o veículo. “Começando pelos pneus, geometria e balanceamento, dar um cuidada nisso ai. Hoje em dia tem uma frota muito grande câmbio automático, então a questão do óleo do câmbio tem que ser olhada. Tem que ser revisada porque é uma manutenção caríssima”, relata.

Favaretto acrescenta que muitas empresas já trabalham com esse serviço de manutenção em câmbio automático. “Uma máquina de troca de óleo de forma automática e ela faz o processo 100% da forma como tem que acontecer.”

O profissional ainda cita outros cuidados como troca do óleo do veículo, filtro e sistema de arrefecimento. “Fazer uma boa oxi sanitização no sistema do ar-condicionado do carro, pois são viagens longas que as famílias costumam fazer nesse período”, completa.

Também é considerado importante a revisão de correias. “Correias de comando, do alternador, enfim, todo o sistema de correias dos veículos”, explica. Outra questão são os freios, discos e pastilhas, verificando todos os líquidos do veículo. “São manutenções importantes, calibrar os pneus certinhos, para que todos possam ter uma ida e vinda de forma segura”, recomenda.

Proprietário da Auto Center Surditech, Alex Favaretto (Foto: Gabriela Hautrive)

Conforme Favaretto, o mês de dezembro foi atípico, com muitas pessoas procurando a oficina com veículos estragados. “Nós tivemos vários casos com pessoas empenhadas na BR, correia estourada, barulho nos freios, e quando fomos ver já estava no ferro.”

Além disso, o empresário alerta a respeito de outras questões do trânsito, como o de beber e dirigir, que não combinam e podem causar danos graves. “Então tem que ter essa conscientização de que se realmente for beber não dirige porque está colocando sua família e tantas outras famílias em risco”, diz Favaretto.

O mecânico também reforça a questão de aquecimento do motor, que ocorre por conta da falta de manutenção preventiva que ele considera extremamente importante. Texto:

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui