“Não nos falta experiência, vontade e motivação”, diz novo comandante do CRPO do Vale do Taquari

Tenente coronel João Aílton Iaruchewski assume o cargo no lugar do coronel Douglas da Rosa Soares. Solenidade de posse ocorreu na manhã desta quarta-feira (4) em Lajeado


0
Passagem de comando foi realizada na sede do CRPO-VT (Foto: Gabriela Hautrive)

Com 32 anos de experiência e muitas medalhas conquistadas na Brigada Militar, o novo chefe do Comando Regional de Policia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT), tenente coronel João Aílton Iaruchewski, chega na região com muita vontade e motivação para dar continuidade ao trabalho já desempenhado pelo coronel Douglas da Rosa Soares, que deixa o comando após cinco meses, quando assumiu o cargo no lugar do tenente coronel Luís Marcelo Gonçalves Maya.

A solenidade da passagem de comando ocorreu na manhã desta quarta-feira (4), na sede do CRPO, localizada na Rua Marechal Deodoro, no Centro de Lajeado e contou com diversos representantes da segurança pública regional, além de prefeitos, imprensa e demais convidados. Conforme Soares, apesar de pouco tempo à frente do CRPO, essas trocas são normais dentro da Brigada Militar, sempre visando a continuidade dos serviços para que o sistema de combate a criminalidade funcione. “Não fizemos uma administração em cima do Douglas e do João, é uma administração racional e nós temos regras neste sentido”, relata.


OUÇA A REPORTAGEM 


Coronel Douglas da Rosa Soares deixa o CRPO-VT após cinco meses (Foto: Gabriela Hautrive)

O trabalho desempenhado no Vale do Taquari, segundo o ex-comandante, foi voltado para redução do tempo e resposta de ligações para o 190, aumento na visibilidade e sensação de segurança, além de uma repressão qualificada através da inteligência e uso da tecnologia. O trabalho foi possível, conforme Soares, devido a uma comunidade que abraça a segurança pública local. “A integração com outros órgãos também foi fundamental: Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Susepe, IGP e as prefeituras, então é um trabalho que foi desencadeado aqui, mas que agora segue nas mãos do novo comandante”, entende.

Com a sensação de gratidão e de que fez um serviço visando diminuir os índices de criminalidade no Vale, o coronel ressalta que seguirá suas funções à frente de outro comando. “Receber uma nova tarefa, uma nova meta, que é cuidar uma nova região do Rio Grande do Sul, local que tem alguns indicadores um pouco mais elevados”.

Novo chefe do Comando Regional de Policia Ostensiva do Vale do Taquari, tenente coronel João Aílton Iaruchewski (Foto: Gabriela Hautrive)

Já o novo chefe do CRPO-VT, tenente coronel João Aílton Iaruchewski, diz que chega motivado e com vontade de trabalhar no Vale do Taquari. “Até então eu desempenhava a função de comandante de batalhão, no 32º BPM de Sapiranga, e com a ida do coronel Douglas, houve a oportunidade de vir para cá”, conta. No cargo anterior, o tenente ficou entre os anos de 2015 e 2021, tendo agora como objetivo, manter o que já era desempenhado por Soares, mas aplicando sua filosofia de atuação para implementar outras ações. “Melhorar a qualidade de vida da comunidade com a excelência do nosso trabalho que é uma das funções precípuas da corporação”, ressalta.

Iaruchewski possui mais de 32 anos de carreira dedicados à Brigada Militar e desde que ingressou em 1989, já conquistou muitas medalhas dentro da profissão. “Não nos falta experiência, vontade e motivação e assim vamos continuar o excelente trabalho com o objetivo principal de atender muito bem a comunidade”, relata. Através dos serviços da BM, o coronel tinha conhecimento sobre o comando regional local, porém não conhecia o Vale do Taquari, apenas havia passado por Lajeado em algumas oportunidades. “Um local maravilhoso, gostei muito daqui e espero atender aos anseios de todas as pessoas que depositaram sua confiança em me possibilitar esse novo trabalho”.

A prioridade, conforme Iaruchewski, é sempre manter os bons índices do sistema avante da BM, além de desenvolver atividades comunitárias. “Evolver todos os segmentos da comunidade, desde executivo, legislativo e entidades gerais, com o objetivo de fazer uma integração forte para que todos os entes de segurança participem ativamente”, completa. O subcomandante-Geral da Brigada Militar, coronel Cláudio dos Santos Feoli, participou do evento representando o Governo do Estado e disse que a Polícia Militar tem um apreço muito grande pela região. “Efetivamente as pessoas vêm e vão, mas a BM, alinhada com o programa RS Seguro, tem uma métrica que deve ser seguida, seja qual for o comandante”, conclui.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui