Nascidos em março podem sacar auxílio emergencial do 3º lote

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia.


0
Brasília, DF, Brasil: Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Cerca de 400 mil beneficiários do auxílio emergencial, contemplados no terceiro lote do benefício, podem sacar nesta quarta-feira (8) os recursos da primeira parcela. O saque está liberado para os nascidos em março. O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia de covid-19. A liberação do saque e a transferência da poupança social da Caixa para outros bancos estão sendo feitas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Os recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas. Fonte: Agência Brasil

Enchentes deixam mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

As enchentes causadas pela forte chuva que atingiu diversas cidades gaúchas entre esta terça e quarta-feira deixaram mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul. De acordo com a Defesa Civil do Estado, além de provocar a morte de um homem em Caxias do Sul por conta de um deslizamento, o temporal obrigou 341 pessoas a saírem de casa, das quais 276 estão desabrigadas e outras 65 desalojadas. Ao menos seis municípios registraram estragos em função do temporal. Fonte: Corrente do Povo

Carazinho e Sapiranga registram mortes por Covid-19

Carazinho e Sapiranga registraram mortes por a Covid-19 na manhã desta quarta-feira. As vítimas são dois homens, um com 76 anos e um com 73. O óbito do homem de 76 anos, morador de Sapiranga, foi registrado pelo Hospital Bruno Born, de Lajeado, onde estava internado. A vítima estava no local desde o dia 3 de julho e faleceu durante a madrugada. A prefeitura de Carazinho informou que o homem de 73 anos foi o quinto óbito na cidade. A vítima tinha comorbidades e estava internado na CTI Covid do Hospital de Caridade de Carazinho. Fonte: Correio do Povo

ONU alerta sobre tráfico de máscaras e medicamentos

A pandemia do novo coronavírus causou um aumento no tráfico de máscaras, desinfetantes e de outros produtos médicos de má qualidade, ou falsificados, o que pode colocar seus usuários em risco – alertou a ONU nesta quarta-feira (8). Grupos criminosos organizados, que exploram o medo e a incerteza em torno do vírus, especializaram-se no tráfico desses equipamentos, aproveitando o aumento da demanda e a escassez de suprimentos, alerta o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) em um relatório. Uma operação internacional coordenada pela Interpol entre 90 países para combater a venda ilegal de medicamentos e de produtos médicos on-line levou a 121 detenções em todo mundo e à apreensão de máscaras defeituosas em março, no valor de mais de 14 milhões dólares. Fonte: G1

Cheia do Rio Taquari desabriga famílias de municípios do Vale

A cheia do Rio Taquari desabriga e desaloja dezenas de famílias em municípios do Vale do Taquari. Mobilizadas, as equipes da Defesa Civil de municípios da região já estão retirando famílias ribeirinhas de suas casas. Em Lajeado, até ultima atualização, 35 famílias, envolvendo 114 pessoas, já haviam sido levadas ao ginásio 3 do Parque do Imigrante. Em Estrela, 20 famílias estavam desalojadas e seis levadas ao Abrigo Martin Luther. Algumas também foram para casa de familiares e as demais para o Ginásio do Aimoré. A coordenadora de Habitação de Estrela, Daiana Ávila, fala do andamento dos trabalhos no município. Em Encantado cerca de 120 famílias foram removidas de suas casas e a previsão é de que até 300 precisem ser retiraradas. Segundo a secretária de Obras do município, Deise Buffon, somente no Bairro Navegantes 100 famílias devem sair de suas casas. GH

Cobrança do estacionamento rotativo de Lajeado está suspensa nesta quarta-feira

A cobrança do estacionamento rotativo de Lajeado está suspensa nesta quarta-feira (8). A informação foi repassada pelo Departamento de Trânsito do município. Motoristas podem estacionar na área azul sem necessidade de efetuar o pagamento. A alteração acontece devido ao bloqueio de muitas ruas no centro da cidade por conta do acúmulo de água em decorrência da chuva entre esta terça e quarta-feira. O gerenciamento do estacionamento é feito pela empresa Stacione Rotativo. Ainda não informação de quando a cobrança será retomada. GH

Com ruas interditadas, transporte público de Lajeado altera itinerário nesta quarta-feira

Em Lajeado, foram bloqueadas diversas vias e, com isso, os ônibus do transporte público precisaram alterar seus itinerários. Conforme o coordenador do Departamento de Trânsito, Vinicius Renner, foram feitas paradas de ônibus provisórias na Rua Júlio de Castilhos em frente à igreja evangélica. Há bloqueios em muitas ruas. GH

Produção e apresentação: Gabriela Hautrive
Próxima edição: hoje, às 18h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui