Navio que travou Canal de Suez levanta âncora após três meses

Após assinar acordo com autoridades egípcias, cargueiro foi liberado e poderá deixar local depois de 100 dias detido


0
O cargueiro Ever Given ficou preso diagonalmente no Canal de Suez por quase uma semana, causando o bloqueio de uma das principais rotas marítimas comerciais do mundo (Foto: Getty Images/BBC)

O navio porta-contêineres Ever Given, que bloqueou o Canal de Suez por seis dias e ficou imobilizado por mais de três meses, deixou o local nesta quarta-feira (7) conforme o esperado, após um acordo de indenização com as autoridades egípcias por parte de seu proprietário japonês. A gigantesca embarcação, com capacidade para 200 mil toneladas, foi bloqueada por completo, interrompendo a passagem do canal no dia 23 de março, um incidente que afetou seriamente o comércio marítimo mundial e causou prejuízos ao Egito.

Ainda não se sabe qual o valor acertado entre a empresa japonesa, a companhia de seguros e as autoridades egípcias, mas a primeira multa girava em torno de US$ 550 milhões, cerca de R$ 2,8 bilhões.

Durante os 100 dias em que o Ever Given esteve detido no Canal de Suez, ele ficou no Grande Lago Amargo, sem atrapalhar mais o movimento do canal.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui