“Ninguém atende ou dá uma resposta concreta”: serventes das escolas reclamam de atraso de salários

Sinara Silveira e Nicole Rodrigues da Rosa, serventes de escolas estaduais estão há dois meses sem receber.


1

A YC Serviços, empresa que presta serviço de limpeza em Escolas Estaduais contratou cerca de mil pessoas em todo estado e 20 na cidade de Lajeado. O contrato foi firmado no final de 2020, quando um representante da empresa veio até a casa das contratadas para que assinassem um contrato, depois disto as pessoas contratadas não viram mais ninguém da empresa.

A reportagem da Rádio Independente conversou com duas serventes, que atuam na limpeza das escolas estaduais.


OUÇA A REPORTAGEM 


“A gente não ganhou nenhum real”, diz a funcionária se queixando de não ter recebido o valor referente ao mês de janeiro. Segundo Sinara Silveira e Nicole Rodrigues da Rosa, elas só receberam R$ 788,00 dos cerca de R$ 1.300, combinado. ”

“Ninguém atende ou dá uma resposta concreta”, desabafa. Sinara Silveira conta que elas já ligam várias vezes para a empresa e quando chama ninguém atende, e alguns números, inclusive, foram bloqueados, sendo impossível falar com a empresa. Procurada pelas funcionárias a 3º Coordenadoria de Educação da região, com sede em Estrela, disse que também não conseguiu falar com a empresa. As funcionárias procuraram uma advogada trabalhista, que agora vai tentar cobrar o valor na justiça.

As serventes contestam ainda uma divergência de salário entre o valor recebido e o que consta na carteira de trabalhado digital.

 

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui