No Brasil, 39% dos idosos tomaram duas doses da vacina

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h


0
Foto: Pedro Alves/G1

Após quatro meses de vacinação contra a Covid-19 no Brasil, apenas 39% dos idosos acima de 60 anos foram vacinados com as duas doses. Dados mostram que ainda falta muito para idosos acima de 60 anos serem completamente imunizados e expõem um desafio de ampliar cobertura vacinal no país. Especialistas temem terceira onda e listam falta de imunizantes e de campanha nacional como entraves. Eles apontam que, no ritmo atual, a vacinação de adultos só será concluída em 2023. Fonte: G1

Estrela completou 145 anos com novidades nesta quinta-feira

No dia em que completou 145 anos, os estrelenses inauguraram na manhã desta quinta-feira (20) o Memorial de Estrela. Em ato realizado em frente ao prédio no entroncamento da Rua Treze de Maio com a Pinheiro Machado no centro da cidade autoridades de estado e também do município que no início da manhã participaram do ato de assinatura de entrada do Porto de Estrela no programa Cresce RS, também participam deste ato. O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Gabriel Souza (MDB), disse admirar a história e parabenizou os estrelenses pelo aniversário do município e pela história que construíram. Em um palco montado em frente ao prédio conhecido por castelinho, antigo prédio do Centro, que agora é utilizado para o memorial, as autoridades se pronunciaram para o público. Entre elas, cinco secretários de Estado. Foram convidados para prestigiar o evento, os ex-prefeitos Hélio Musskopf, Günther Wagner, Leonildo Mariani, Geraldo Mânica e Rafael Mallmann, além de Mariza Brönstrup, viuva do ex-prefeito Celso Brönstrup. O atual prefeito Schneider, disse em seu discurso que a presença dos antigos chefes do executivo municipal, mostram que a história retratada no memorial foi construída por muitas pessoas e por muitas lideranças e que todas foram importantes. Fonte: G1

Maranhão registra primeiros casos da variante indiana da Covid-19

A confirmação dos primeiros casos da variante indiana do coronavírus aumenta o alerta no Brasil. São seis tripulantes de um navio ancorado no Maranhão. Um deles foi internado em São Luís. A embarcação saiu da Malásia e passou pela África do Sul. A linhagem B.1.617 é fruto de mais uma mutação que pode ter deixado o vírus mais transmissível e parece contribuir para o agravamento da pandemia na Índia, que bateu recordes de mortes nos últimos dias. Fonte: G1

Acordo de cessar-fogo entre Israel e Hamas entra em vigor

Está valendo desde ontem à noite um cessar-fogo entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza. Palestinos saíram às ruas para comemorar a trégua, que foi mediada pelo Egito e se concretizou após pressão internacional. O presidente dos EUA, Joe Biden, abandonou a postura passiva e passou a pedir ao aliado Benjamin Netanyahu, premiê de Israel, a “desescalada” do conflito. Em menos de duas semanas, 244 palestinos e 12 israelenses foram mortos. Fonte: G1

Iceberg que tem 3 vezes o tamanho da cidade de SP se separa na Antártica, está à deriva e se torna o maior do mundo

Uma placa de gelo imensa, com três vezes o tamanho da cidade de São Paulo, se desprendeu na Antártica. É o maior iceberg do mundo. E está à deriva. As imagens circulam o mundo pela internet e impressionam a população. Fonte: G1

Ibama tem um novo presidente interino

O Ibama tem um novo presidente interino. Luís Carlos Nagao é coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo e muito próximo ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Está no Ibama desde agosto de 2019, e não tinha experiências anteriores na área ambiental. Ele vai substituir Eduardo Bim, afastado na quarta-feira (19) do cargo por decisão do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal. A PF investiga a suspeita de que funcionários do Ibama – e o ministro Ricardo Salles – teriam facilitado a exportação de madeira ilegal para os Estados Unidos e para a Europa. Na decisão que autorizou a operação, o ministro Alexandre de Moraes chamou a atenção para um relatório do Coaf que indicou movimentação extremamente atípica envolvendo o escritório de advocacia, cujo ministro Ricardo Salles é sócio, entre 2012 e 2020, em valores totais de mais de R$ 14 milhões. Fonte: G1

Corinthians e Renato Portaluppi encerram negociações

Renato Portaluppi não será técnico do Corinthians. Em nota oficial publicada na noite desta quinta-feira, o clube paulista destacou que encerrou as negociações com o ex-treinador do Tricolor. No texto, o Corinthians frisou os “três dias de conversas francas”, mas informoi que as partes decidiram encerrar as conversas. O alvinegro segue na busca de um treinador após a saída de Vagner Mancini, que não teve bons resultados e, recentemente, caiu na Sul-Americana. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui