“No que depender do governo, haverá Copa América”, diz Bolsonaro

Presidente reiterou sinal positivo do governo para a Copa América no Brasil


0
Foto: Marcos Correa / Presidência

O presidente da República, Jair Bolsonaro, garantiu que haverá Copa América no Brasil, mesmo com o agravamento da pandemia no país, no que depender dele e de seus ministros. A afirmação foi feita durante tradicional conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (1º). “Fui instado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), ontem (31), conversei com todos os ministros interessados e, de nossa parte, positivo”, disse. Fonte: Correio do Povo

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória

A prova de vida volta a ser obrigatória a partir desta terça-feira (1º) para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O procedimento tem o objetivo de evitar fraudes e pagamentos indevidos, garantindo a manutenção do benefício. A prova de vida pode ser feita na agência bancária onde o segurado recebe o pagamento, mas também pode ser feita sem sair de casa, via aplicativo. Segundo o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Rolim, “a grande maioria” conseguirá fazer o procedimento sem sair de casa. Em entrevista, ele informou que cerca de 24 milhões de pessoas de 35 milhões de segurados do INSS já fizeram a prova de vida. Faltam, portanto, um número em torno de 11 milhões. Fonte: G1

Moderna inicia processo para poder comercializar vacina nos Estados Unidos após a pandemia

A farmacêutica americana Moderna anunciou nesta terça-feira, 1, que iniciou o processo para autorização plena à comercialização de sua vacina contra a Covid-19 junto ao Food and Drug Administration (FDA), a agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos. O imunizante da Moderna tem sido usado no país sob autorização de uso emergencial, emitida pelo FDA em dezembro do ano passado. “A Moderna continuará a enviar dados ao FDA para apoiar o pedido de licença biológica em uma base contínua nas próximas semanas”, disse a companhia em nota à imprensa. Fonte: Correio do Povo

SES e Exército distribuem medicamentos para intubação para 42 municípios do RS

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul (SES) e o Exército Brasileiro distribuirão entre esta terça e quarta-feira os lotes de medicamentos para uso durante o procedimento de intubação de pacientes com Covid-19 e outras doenças respiratórias para 42 municípios do Estado. Os remédios que fazem parte do chamado kit intubação são: Haloperidol, Lidocaína, Suxametônio e Dexmedetomidina. As instituições contempladas prestam serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e foram escolhidas para receber os medicamentos com base em um levantamento semanal dos estoques destes insumos realizado pela SES junto à rede hospitalar. Desde o início da pandemia, foram entregues aos hospitais gaúchos mais de 630 mil unidades de medicamentos, adquiridos pelo Ministério da Saúde e pelo governo do Estado, desde o início da pandemia. Fonte: Correio do Povo

Policiais da Colômbia serão investigados por terem deixado civis atirarem em manifestantes

Dez policiais da Colômbia estão sendo investigados por terem permitido que civis atirassem em manifestantes na cidade de Cali, afirmou, na segunda-feira (31) uma pessoa que trabalha em um órgão do governo do país. Cali, a terceira maior cidade do pais, é o epicentro das manifestações. Na semana passada, um protesto terminou com mortos —um agente da procuradoria estava de folga e começou a disparar contra os manifestantes. Ele mesmo foi morto. O general Jorge Luis Vargas, diretor da polícia nacional da Colômbia, disse que há uma investigação para identificar quem violou as leis. Segundo ele, informações sobre policiais foram enviadas à Justiça militar. Fonte: G1

Renan Calheiros pede a Neymar que não aceite a Copa América no Brasil

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), aproveitou sua fala inicial na sessão desta terça-feira na CPI para voltar a criticar a realização da Copa América no País. O relator, que afirmou não ser possível fazer um apelo às autoridades competentes para voltar atrás na decisão, se dirigiu à Seleção Brasileira e a seus jogadores, citando especificamente Neymar Jr. Calheiros pediu a Neymar para que ele não concorde com a realização do evento no País. “Não é esse o campeonato que nós precisamos disputar, nós precisamos disputar o campeonato da vacinação”, afirmou o relator. “É esse campeonato (da vacinação), Neymar, que nós precisamos disputar, ganhar, e você precisa marcar gols para que esse placar seja alterado. No campeonato da vacinação, o Brasil ocupa um dos últimos lugares”, disse o senador. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui