Nova evacuação deixa casas vazias e pouco movimento em área demarcada no Centro de Cruzeiro do Sul

Previsão de chuva intensa para os próximos dias motivou a medida no perímetro sob risco de desmoronamentos


0
Foto: Luís Fernando Wagner

Após a determinação para evacuação de área da região central de Cruzeiro do Sul, nas imediações do Morro de Cruzeiro, nessa quinta-feira (13), a movimentação foi pequena no perímetro isolado, na Rua Bento Gonçalves e adjacências. A previsão do alto volume de chuva para os próximos dias motivou a decisão, que partiu dos técnicos da empresa Magma Geologia e Meio Ambiente , contratada pela prefeitura para avaliar a possibilidade de deslizamento de terras no local. Esta é a segunda evacuação da área após as enchentes do início de maio. Na noite de 23 maio, os residentes na região precisaram deixar suas casas após laudo técnico apontar risco de movimentação de massas.

Grande parte dos cerca de 300 moradores que devem deixar suas residências já procuraram abrigo em local seguro. Alguns poucos ainda buscavam produtos de uso pessoal em casa na manhã desta sexta (14). Maria Helena do Couto (77), mora há 35 anos na esquina das ruas Bento Gonçalves e São Gabriel. Mesmo fora da zona de risco, na primeira evacuação, ela decidiu deixar sua casa como medida de precaução. Desta vez, Maria Helena optou por ficar. “Não se brinca com a natureza. Eu discuto com qualquer pessoa, mas com a natureza não. Vamos esperar, mas se for o caso eu saio. Da outra vez, fiquei dez dias fora de casa, e fui para a casa de meu filho”, comenta.

Ela lembra de uma episódio de enxurrada que atingiu a região. “Faz uns 20 anos houve uma enxurrada forte. Desceu muita água. Minha casa não atingiu. Quem mora na beira do morro está sujeito a isso”, rememora.

Conforme a recomendação da empresa Magma Geologia e Meio Ambiente, as 65 famílias evacuadas poderão retornar pra casa após nova avaliação, que deve ser feita 24h após a estabilização do tempo.

Texto: Luís Fernando Wagner
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui