Nova revisão mostra perda de 190 mil empregos formais em 2020

Resultado, amplamente comemorado pelo governo, apontava para a criação de 142.690 postos com carteira assinada no ano passado


0
Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Diferentemente daquilo que anunciou o ministro da Economia, Paulo Guedes, com muita comemoração, em janeiro, o Brasil demitiu mais do que contratou em 2020.

Uma nova atualização do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostra que foram cortados 191.502 postos de trabalho com carteira assinada ao longo de todo o ano passado, ante 142.690 novas vagas anunciadas inicialmente.

A revisão é fruto de um número 5,24% maior de demissões (de 15.023.531 para 15.810.926) e apenas 3% superior de admissões (de 15.023.531 para 15.619.434).

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui