Nova tempestade de areia atinge o interior de SP; meteorologista explica fenômeno

Fenômeno ocorre especialmente em áreas de plantação; é a quarta vez que grandes nuvens de poeira são registradas no interior paulista


0
Nova tempestade de areia atinge o interior de São Paulo (Foto: Reprodução/CNN Brasil (15.out.2021)

O estado de São Paulo registrou na quinta-feira (14) mais uma tempestade de areia. Segundo a Defesa Civil, o fenômeno aconteceu em ao menos em sete municípios: Ribeirão Preto, Jardinópolis, São Joaquim da Barra, Pitangueiras, Colômbia, Serrana e Sertãozinho. É a quarta vez que grandes nuvens de poeira são registradas no interior paulista em menos de três semanas.

Segundo especialistas, a principal causa destes eventos é o fim do período de estiagem. A tempestade de poeira ocorre especialmente em áreas de plantação. Isso porque, quando chega uma frente fria ou uma rajada de vento, todo o material solto na superfície levanta. “Esta é uma área muito agrícola e que passou por uma estiagem por um período bem longo. Em alguns lugares, devido a estiagem, ficam com a fuligem da queimada solta sob a superfície, e quando chega uma frente fria e chove, acontece um choque térmico, o que levanta a poeira”, explicou Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

De acordo com o especialista, o fenômeno é uma mistura de poeira, poluição e queimadas, e é algo que pode acontecer mais vezes, mas que deve cessar em breve. “A chuva está chegando nessa região de São Paulo, o que limpa o local. Então diria que [essas tempestades de poeira] estão com os dias contados.”

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui