Novo diz que reforma tributária gaúcha vai aumentar despesas de famílias mais pobres


0
Foto: Divulgação

A bancada do Novo na Assembleia Legislativa está realizando uma série de estudos técnicos com o objetivo de demonstrar que a reforma tributária proposta pelo governo do Estado, nos moldes previstos, deverá aumentar a carga de impostos para famílias de baixa renda.

Os levantamentos atingem um dos argumentos centrais utilizados pela administração Eduardo Leite (PSDB) para defender as mudanças, o de que elas promovem justiça tributária, beneficiando as famílias de menor renda. Pelos estudos da bancada, uma família com renda de R$ 2,4 mil mensais brutos e que possui um carro antigo poderá arcar com perda de pelo menos R$ 1 mil em dois anos e aumento de 26% em impostos, já que terá devolução de ICMS a partir de 2023, mas começará a pagar IPVA em 2021.

O líder partidário do Novo, deputado Giuseppe Riesgo, completa que a devolução de ICMS proposta ainda é incerta, uma vez que o programa de restituição será efetivado por decreto do Executivo, e poderá passar por alterações.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui