Novo rascunho do acordo final da COP26 atenua referência a combustíveis fósseis

A versão final ainda está sendo negociada por representantes dos quase 200 países participantes da conferência


0
Foto: Freepik

Um segundo rascunho do acordo final da COP26 (Conferência das Nações Unidas Sobre as Mudanças Climáticas), realizada em Glasgow, na Escócia, foi divulgado na manhã desta sexta-feira (12), último dia do evento. A versão final ainda está sendo negociada por representantes dos quase 200 países participantes da conferência, e o acordo tem caminhado na linha tênue entre as demandas das nações ricas e daquelas em desenvolvimento.

O texto mantém a pressão para que países sejam mais ambiciosos em seus planos para combater o aquecimento global e estabelece uma divisão entre os países, dizendo que a atualização das promessas deve levar em conta “diferentes circunstâncias nacionais”. O rascunho também mantém a menção inédita a combustíveis fósseis, mas usa uma linguagem mais fraca do que a primeira versão do acordo para cobrar o fim de subsídios a essa fonte de energia.

A mudança fica expressa na inclusão da palavra “ineficientes” – termo que não constava no rascunho anterior, divulgado na quarta-feira (10). Após duas semanas de evento, as negociações sobre o acordo final devem prosseguir pelo fim de semana devido às divergências registradas até o momento.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui