Núcleo de Polícia Comunitária da PC atuará em ações de prevenção nas escolas de Lajeado

O núcleo estabelecido em Lajeado, em 2014, foi o segundo no Estado criado pela Polícia Civil. O primeiro foi em Bento Gonçalves, em 2013.


0
Delegado Juliano Stobbe e o secretário Paulo Locatelli (SSP) falam sobre prevenção de crimes por meio da educação (Foto: Tiago Silva)

O Núcleo de Polícia Comunitária da Polícia Civil de Lajeado tem como foco neste ano a criação de uma rede de comunicação direta com as escolas para o desenvolvimento de ações de prevenção contra a criminalidade.


ouça a entrevista

 


 

Conforme o coordenador do núcleo, o delegado Juliano Stobbe, são quatro agentes que atuam “abordando temas tormentosos”, entre eles uso e posse de drogas, crimes cibernéticos, atos de indisciplina e ameaças contra professores. “Esse enfrentamento é extremamente necessário”, afirma.

Para ajustar a sistemática de trabalho, na terça-feira, foi realizada uma reunião, na Delegacia de Polícia, entre os agentes de segurança, secretarias municipais de Segurança Pública e de Educação, e diretores de escolas da rede municipal e estadual.

Conforme o delegado, o núcleo estabelecido em Lajeado em 2014 foi o segundo no Estado criado pela Polícia Civil — o primeiro foi em Bento Gonçalves, em 2013. O secretário municipal de Segurança Pública, Paulo Locatelli, destaca que a melhor solução que o Estado pode adotar para enfrentar a criminalidade é a prática da prevenção, que não envolve só polícia, mas uma série de atores sociais.

Stobbe vai na mesma linha: “Uma das formas de enfrentamento da criminalidade é na causa, na educação das pessoas, na demonstração de que a ida para o lado do crime é a pior possível.” TS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui