Número de mortos em explosão de hotel em Cuba chega a 46

Presidente cubano visitou local pela terceira vez e afirmou que prioridade no momento "continua sendo encontrar os desaparecidos"


0

Um homem que se encontrava hospitalizado em estado crítico faleceu, elevando a 46 o número de mortos em consequências da explosão do hotel Saratoga em Havana, informou nesta sexta-feira (13) o ministério da Saúde Pública. O falecimento ocorre no segundo dia de luto oficial decretado pelo presidente Miguel Díaz-Canel. Esta noite será realizado uma vigília nos arredores do hotel que há uma semana teve uma explosão por vazamento de gás.

Nove adultos e quatro crianças permanecem hospitalizados. Outras 40 pessoas receberam alta médica desde o dia da tragédia. O emblemático hotel cinco estrelas, localizado no Paseo del Prado, em Havana Velha, estava fechado há dois anos em razão da pandemia e se preparava para reabrir ao público no dia 10. Seus primeiro quatro andares ficaram destruídos. Construído em 1880 e transformado em hotel em 1933, o Saratoga era conhecido por ter recebido várias celebridades nos últimos anos, entre elas Mick Jagger, Beyoncé e Madonna.

Fonte: Correio do Povo


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui