O amor e a raiva: as interações desses sentimentos em um relacionamento

Conforme o psiquiatra Rafael Moreno, pelo fato de o ser humano ser um animal social, ele sofre muito com as rupturas de vínculos afetivos


0
Foto: Ilustrativa

O médio psiquiatra Rafael Moreno abordou como ocorrem as interações entre o amor e a raiva em um relacionamento. As suas colocações foram feitas no quadro “Direto Ao Ponto” desta segunda-feira (24), no programa Troca de Ideias.

Conforme o profissional, pelo fato de o ser humano ser um animal social, ele sofre muito com rupturas desses vínculos, e a separação causa a liberação de hormônios que alteram o sistema emocional e elevam os níveis de estresse.


ouça o “direto ao ponto”

 


Porém, Moreno diz que atitude mais estremadas por pessoas revoltadas com a separação, que desencadeiam crimes passionais, por exemplo, só ocorrem em quem já teria algum transtorno prévio. O psiquiatra lembra que a maioria dos homens que não aceitam a separação é por causa de seu narcisismo, e as mulheres é em função da Síndrome de Borderline, que se caracteriza por humor e relacionamentos instáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui