“O berço da canoagem brasileira é no Vale do Taquari”, diz presidente da Aeca

O trabalho realizado pela Associação de Ecologia e Canoagem foi pauta do bate-papo do programa Panorama desta quarta-feira (14).


0
Marco Edson Carvalho da Silva (Foto: Rodrigio Gallas)

“O berço da canoagem brasileira é no Vale do Taquari”, afirma o presidente da Associação de Ecologia e Canoagem (Aeca), Marco Edson Carvalho da Silva. Isto porque a entidade regional surgiu na mesma época que a Associação Brasileira de Canoagem, com sede em Curitiba, atualmente, e chamada de Confederação. A Aeca foi fundada em 28 de junho de 1985, no salão paroquial da Paróquia Santo Antônio, quando um grupo de canoístas se reuniu com intuito de difundir a canoagem em Estrela e no Vale do Taquari.


ouça a entrevista

 


 

O trabalho realizado pela Aeca foi a pauta do bate-papo do programa Panorama desta quarta-feira (14). O presidente da Associação atenta para a importância que a organização tem na formação dos jovens. “Além de formar atletas estamos formando cidadãos. Tiramos essa gurizada que está na rua, à deriva, à disposição da violência e da criminalidade. A gente traz pra cá esse aluno que tem que estar obrigatoriamente estudando. A gente faz um acompanhamento do rendimento escolar dele”, explica. Podem participar crianças a partir dos sete anos e adolescentes até os 17 anos.

A medida que os alunos vão evoluindo eles se tornam atletas que começam a participar de competições estaduais, nacionais e internacionais. Atualmente, 12 atletas recebem o bolsa atleta do Governo Federal. O direito foi adquirido devido à classificação em nível nacional por meio do Campeonato Brasileiro de Canoagem de 2019.  “É um esporte olímpico. É um esporte nosso. Nós trabalhamos no nosso rio. Imagina Lajeado se destacar mundialmente com um Atleta olímpico”, comenta Silva, lembrando que dois atletas da região já competiram nas Olimpíadas.

A região trabalha com dois esportes olímpicos a nível competitivo. A patinação e a canoagem de velocidade. Para auxiliar a entidade pode-se contatar o telefone (51) 9 9333-3957. Também pode-se contatar o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) de Lajeado que disponibiliza recursos para a viabilização de Projetos na área da Infância e Adolescência.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui