O desafio das entidades é gerar valor aos associados

Ricardo Brunetto conversa com a diretora-executiva da CDL Lajeado, Soraide Graf


0
Foto: Tiago Silva

Na quadragésima edição do programa Arte de Empreender, o apresentador Ricardo Brunetto conversou com a Soraide Graf, diretora-executiva da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lajeado. No bate-papo deste sábado (22), ela destacou que o grande desafio das associações é gerar valor para os associados.

Conforme ela, “o negócio da CDL é a representatividade”. “A gente defende o interesse dos associados em diversos assuntos”, lembra, ao falar sobre medidas de restrição à atividade durante a pandemia e obras na BR-386, entre outros temas.

Soraide também reforça a defesa que a CDL Lajeado faz da legalidade e igualdade de condições no comércio. “Todas as empresas que trabalham legalmente são defendidas pela entidade”, afirma. A diretora-executiva integra a entidade há 20 anos. Segundo Soraide, a CDL Lajeado é reconhecida em todo o estado como uma entidade forte e atuante. “É por isso que a nossa região é tão pujante”, observa.

VÍDEO: Assista ao programa na íntegra 


Negar a existência dos nossos problemas não os resolverá

com Tamara Bischoff

Com o avanço na vacinação contra a covid-19, cresce o número de pessoas que estão abolindo o uso da máscara, atitude que, segundo as autoridades da área sanitária, ainda é um tanto precipitada, uma vez que é necessária a tal imunidade de rebanho para nos trazer um pouco mais de segurança. Tem também aquele grupo que, desde o início da pandemia, reluta em seguir as orientações.


OUÇA O QUADRO “POSTURA PROFISSIONAL”

 


Quando estamos diante de algo ameaçador, costumamos lançar mão de diferentes modos de nos defender psiquicamente, uma vez que a realidade pode ser dura demais para suportar. Isso é comum em situações de tragédia, perdas de entes queridos, doenças graves, entre outros, e o momento incerto que vivemos não fica pra trás quando o tema é adversidade.

Tamara Bischoff, jornalista e psicóloga

Negar a realidade exterior, desagradável, e substituí-la por outra realidade, fictícia, é uma das maneiras inconscientes de lidar com questões difíceis. Usada com muita frequência, a negação (conhecida como um dos mecanismos de defesa do ego) consiste não apenas em evitar um pensamento ou circunstância, mas negá-lo fortemente, como se ele não existisse de fato.

Todos nós usamos a negação em alguns momentos de nossa vida, e isso não é problema.
O problema é usar somente esse tipo de defesa, usá-la em excesso, pois ela não vai dar conta de tudo. Chega uma hora em que a realidade irá se sobrepor, e criar um mundo paralelo não adiantará, além de se tornar perigoso.

Assim, por mais que a realidade lá fora nos desagrade, precisamos aprender a enfrentar as dificuldades e modificá-las, ao invés de simplesmente evitá-las por meio de táticas de negação.


Os hábitos diários para gerar frutos nos negócios

com Soraia Gerhardt

Hoje o meu recado é muito especial para um setor muito representativo aqui na região, que é o setor moveleiro. Você sabia que a nossa região é a segunda maior região com a concentração de indústrias de móveis? Ficamos apenas atrás da serra que tem um maior número de empresas. Por esse motivo trago algumas dicas para você e um convite muito especial.


ouça o quadro “ferramentas de gestão”

 


Soraia Gerhardt analista de Relacionamento do Sebrae Lajeado

Para você que atua com a fabricação de móveis na região dos vales, procure o Sebrae, nós estamos com um programa muito especial, onde temos especialistas e expert no assunto para orientar e auxiliar a sua empresa a obter melhores resultados e faturar mais!

Aqui vai algumas dicas: 

– Estabelecimento e monitoramento de indicadores comerciais

Você já ouviu falar naquela frase “se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve!? (Lewis Carroll)”. Pois bem, sem indicadores você não consegue dar o ritmo nos seus negócios.

– Conversão de vendas

Nº de vendas realizadas no período/ Nº de orçamentos executados. Este indicador é fundamental para medir o seu esforço de vendas, podendo tomar decisões do tipo:

  • Quantos clientes novos eu preciso buscar por dia/semana/mês
  • Quantos orçamentos eu preciso fazer por dia/semana/mês para fazer a quantia de vendas que alcance a minha meta?
  • A minha conversão é X, que estratégias eu posso utilizar para converter mais orçamentos?

– Crie agenda digital

O seu negócio precisa ter uma Vitrine Virtual, os clientes precisam te encontrar de forma fácil, quando fazem buscas na internet.

Resumindo 

Na vida e nos negócios não tem receita de bolo, mas podemos estabelecer hábitos diários e plantar sementes que irão gerar frutos, se regarmos e acompanharmos todos os dias. Desta forma é necessário, implementar estratégias consolidadas e ir adaptando ao seu negócio. Parar de fazer o que não deu certo e ir fortalecendo aquilo que foi positivo, gerando assim, um fluxo contínuo de resultados ao longo do tempo.”

Se você está procurando algo direcionado e específico para o seu setor, a hora é agora!

Participe do projeto indústria moveleira Sebrae 2021. Vagas limitadas!

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui