O “micro comportamento” revela a verdadeira essência da pessoa

Analisar estas micro reações faz com que os líderes consigam perceber a essência por trás de cada ser humano


0

No fim do século XV, por volta de 1498, o navegador Vasco da Gama proporcionou um grande feito para a época. Ele é considerado o primeiro comandante a conduzir embarcações que partiam da Europa, contornavam o Cabo das Tormentas, ou Cabo da Boa Esperança, e chegavam até a Índia. Distribuídas em quatro embarcações, Vasco da Gama conduzia aproximadamente 170 pessoas em mar aberto pelo ponto mais extremo ao sul do continente africano, na Cidade do Cabo.

Há registros de que as embarcações enfrentavam, naquela jornada, uma grande tempestade que deixara os marujos amedrontados e em situação de desespero. Eis que, na hora mais desafiadora, quando todos estavam tensos e apreensivos com tamanha tempestade, Vasco da Gama lança um grito memorável que marcara aquela travessia: “Marujos!!! Vejam!!! O mar treme quando passamos”. Aquele teria sido considerado o momento crucial no qual a liderança de Vasco da Gama fizera toda a diferença para o sucesso daquela navegação.

Essa passagem demonstra a importância da preparação dos líderes na observação e execução do que chamamos de “micro comportamento”. Nas horas mais desafiadoras, as pessoas revelam a sua essência. Nessas horas, elas observam o líder para, depois, expressar suas reações. Por isso é fundamental perceber as pequenas reações, tanto as suas quanto as dos outros. Aquele grito de Vasco da Gama transformou o medo dos marujos em coragem. Mudou completamente o estado emocional dos membros das embarcações para que a jornada tivesse êxito.

Este gesto também revela algo fundamental sobre o ser humano, que é o “micro comportamento”. As pessoas expressam micro reações o tempo todo. Analisar estas micro reações faz com que os líderes consigam perceber a essência por trás de cada ser humano. Outro dia, em uma dinâmica de grupo, um profissional lançou uma frase que imediatamente foi observada pela diretora de RH que estava conosco na sala. O profissional, enquanto burlava uma pequena regra, disse: “faz assim porque ninguém vai perceber”. Imediatamente após concluídos os trabalhos, a diretora destacou este “micro comportamento” e disse que fará outros testes para perceber as reações daquele colaborador.

Algo semelhante aconteceu em um evento quando um orador expressou uma reação de revolta ao perceber que seu microfone havia falhado. Aquela pequena reação pode ser profundamente avaliada, dando ótimos indícios sobre sua verdadeira personalidade.

Quando uma pessoa está concorrendo a um grande cargo, é fundamental que se avalie profundamente o “micro comportamento” do candidato para evitar grandes problemas futuros. O micro comportamento revela muito sobre a verdadeira preparação de cada pessoa. Você consegue perceber as micro reações das pessoas? Como estão as tuas micro reações? Pense nisso. Forte abraço e até a vitória, sempre.

Texto por Gustavo Bozetti (@gustavobozetti), diretor da Fundação Napoleon Hill e MasterMind RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui