“O Neeja proporciona oportunidades iguais a quem a vida deu caminhos diferentes”, afirma professora

Núcleo que proporciona a conclusão dos estudos nos Ensinos Fundamental e Médio completa 20 anos em Lajeado


0

Os 20 anos de atuação em Lajeado do Núcleo de Educação de Jovens e Adultos (Neeja) foi o destaque do bate-papo do Panorama desta segunda-feira (20). O programa recebeu o diretor da instituição, Josselito Brandão, a vice, Bernadete Dullius Reis, e a professora Cristina Corbellini para falar da iniciativa, que proporciona o término dos estudos no Ensino Fundamental e Médio para quem quer se colocar melhor no mercado de trabalho e realizar um sonho de formação. Uma das marcas do Neeja é a diversidade: podem participar desde os 18 anos até a terceira idade, sem limites de idades, bem como de qualquer nacionalidade. O supletivo não é seriado; é uma prova para cada uma das quatro grandes áreas, e o público maior são de mulheres.

Mensalmente, cerca de 300 pessoas se inscrevem. Elas vêm tanto do Vale do Taquari como do Rio Pardo, das áreas da 3° e 6° Coordenadorias Regionais de Educação (CRE). O inscrito pode frequentar as aulas presenciais ou apenas realizar as provas. Entre 40 e 50 alunos, em média, participam das atividades presenciais, nos três turnos em que elas são ofertadas em Lajeado.

Segundo as professoras, o aluno não tem obrigatoriedade de participar das aulas. Mas, geralmente, quem participa e tem contato com os professores têm melhor aproveitamento nas provas. É possível retirar o material impresso no Neeja e consultar o conteúdo e material de revisão no blog do núcleo.

Os exames são aplicados geralmente no intervalo de um mês. São 11 oportunidades no ano, com agendamento prévio, para aprovar 4 provas – uma de cada área de conhecimento. Para passar, o estudante precisa de pelo menos 50% de aproveitamento. Também é possível aproveitar as notas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para eliminar a necessidade de algumas provas para a conclusão do grau de formação.

De acordo com o trio na entrevista ao Panorama, muitos estrangeiros procuram o Neeja para validar seus diplomas e certificados, no intuito de refazer a sua escolaridade e se apresentar no mercado de trabalho brasileiro.

Muitos são trabalhadores do comércio ou da indústria, orientados pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e que, por algum motivo particular, tiveram que deixar os estudos no passado e agora voltam para recuperar o tempo perdido. “O Neeja proporciona oportunidades iguais a quem a vida deu caminhos diferentes”, afirma Bernadete.

Saiba mais

O Neeja fica localizado na Rua Julio de Castilhos, 592, no Centro de Lajeado. É possível fazer contato pelo telefone (51) 3748-6786 ou pelo email neejacp2010@gmail.com.

Para fazer cadastro:

  • Ser maior de 18 anos
  • Histórico escolar original (obrigatório para cadastro do EM)
  • Documento de identidade (carteira de trabalho ou carteira de identidade)
  • CPF

Acompanhe as novidades e atualizações pelo blog neejacplajeado.blogspot.com.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui