O Refluxo da Maturidade: compreender a hierarquia é fundamental para uma jornada de sucesso

Não respeitar as nuances da hierarquia, afloradas constantemente na riqueza de detalhes, pode estar impedindo o teu sucesso ou, o que é pior, pode estar sendo a fonte dos teus fracassos


1
Gustavo Bozetti, diretor da Fundação Napoleon Hill e MasterMind (Foto: Rodrigo Gallas)

Certa vez, um funcionário de uma grande empresa chegou em seu diretor e perguntou:

– Diretor, estou com esse problema aqui. Você pode me ajudar?
O diretor, que estava super ocupado, com a cabeça cheia de outras coisas para fazer, respondeu sem pensar, afim de ganhar tempo:
– Sim. Deixa comigo que amanhã eu resolvo.
No outro dia, o funcionário foi até a sala do seu diretor e perguntou:
– E daí? Conseguiu resolver aquele problema?

Naquele momento o diretor da empresa percebeu que havia caído na armadilha do “refluxo da maturidade”, ou seja, o funcionário estava na posição de diretor e o diretor devia satisfação ao funcionário.

Possivelmente você já tenha observado situações semelhantes. Ou você mesmo já tenha caído nessa armadilha. Existem três situações em que o refluxo da maturidade pode aparecer. A primeira delas pode ocorrer com quem está hierarquicamente abaixo de nós, como no caso citado acima.

Por não pensar, o diretor da empresa permitiu que a autoridade trocasse de mãos, passando para as mãos do funcionário. É aquilo que o dito popular chama de “ver o rabo balançar o cachorro”. A segunda maneira de perceber o refluxo da maturidade é com pessoas que estão hierarquicamente acima de nós. Outro dia, em um clube privado, soube que uma pessoa com certo “status” havia se negado a usar a máscara ao entrar no clube.

Naquele momento, o porteiro cumpriu o seu papel e exigiu que a norma fosse seguida por todos, mas a outra pessoa julgou-se acima do porteiro e desobedeceu a norma. É importante saber que a autoridade do cargo do porteiro, naquele momento, era maior e o outro deveria respeitar.

O terceiro caso ocorre com pessoas que estão no mesmo nível hierárquico do que nós. Certa feita, um amigo ligou para o outro e pediu recomendações sobre o funcionamento de um equipamento que ele havia comprado. O proprietário do equipamento disse que instalaria no domingo seguinte. Foi aí que o refluxo da maturidade entrou em ação.

Veja o comentário

O interessado pediu para que o proprietário do equipamento, depois da instalação, passasse um relato sobre o funcionamento do tal equipamento. Aqui, o interessado passou a responsabilidade para o amigo, ao invés de o interessado ficar com a responsabilidade. Situações desse tipo acontecem o tempo todo nas empresas, porém o líder que não sabe lidar com isso estará sempre em situações constrangedoras e sobrecarregado, afinal, tudo recairá sobre seus ombros.

Não respeitar as nuances da hierarquia, afloradas constantemente na riqueza de detalhes, pode estar impedindo o teu sucesso ou, o que é pior, pode estar sendo a fonte dos teus fracassos. Na sala dos professores, por exemplo, haverá assuntos que os alunos não podem saber. Reuniões de diretoria tratarão assuntos que os funcionários não poderão saber. Conversas entre mestres possuirão conteúdos inadequados aos aprendizes. É por isso que você só será um bom líder se souber ser liderado. Somente será um bom professor se souber ser bom aluno. Só será mestre se souber a importância da posição de aprendiz.

Porém, algumas pessoas não compreendem que sempre há uma hierarquia que deve ser seguida. A maturidade inclui, inclusive, educar os filhos. Não podemos deixar o sentimento ser maior do que os valores. Amar os filhos não quer dizer que devemos ser coniventes com o que não é certo. Não é porque um pai ama seus filhos que ele pode permitir que seus filhos descumpram as leis. Se um filho fizer algo errado, deve ser punido, mesmo que o pai o ame. Isso não tem nada a ver com o sentimento de um pelo outro. Jamais deixe o sentimento ser maior do que os teus valores. Pense nisso. Forte abraço e até a vitória, sempre.

Gustavo Bozetti (@gustavobozetti), diretor da Fundação Napoleon Hill e MasterMind RS

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui