Ritmo de infecções e internações hospitalares por coronavírus cresce no RS

Indicadores levam Estado a coloca 12 regiões em Alerta no sistema 3 As, entre elas, Lajeado


0
Foto: Ilustrativa/Reprodução/Freepik

Em live transmitida nas suas redes sociais, o Governo do Estado divulgou, na tarde desta quarta-feira (19) um balanço da evolução da pandemia no Rio Grande do Sul. De acordo com os dados, o estado  notificou, nesta quarta-feira (19), o maior número de casos conhecidos de covid em um dia desde o início da pandemia. Nas últimas 24h, foram 21.122 novas infecções registradas pelas autoridades de saúde. Pela alta contaminação, especialistas acreditam que há muitas pessoas que não fazem o exame, que ainda são altamente necessários, assim como o isolamento de quem testou positivo. Por isso, há possibilidade de subnotificação. Com a atualização, o estado passa a ter 1.633.330 casos conhecidos de covid, dos quais 95.490 são ativos (5,8% do total). O número de recuperados é pouco superior a 1,5 milhão (91,9%).

A alta dos indicadores levou o governo do RS a colocar 12 das 21 Regiões Covid em situação de alerta dentro do Sistema 3 As de Monitoramento. O nível é o segundo, depois de aviso e antes de ação. As autoridades dos municípios das 12 regiões precisarão se reunir e anunciar um novo plano de ação para lidar com a pandemia.

A média móvel de casos da última semana é de 11.132 novas infecções conhecidas diariamente no estado. O número é 735% superior ao registrado há duas semanas, o que representa tendência de alta. Por outro lado, a  média móvel de mortes da última semana é de 10 óbitos diários, 100% a mais do que o observado há duas semanas. Isso significa tendência de alta.

De acordo com os números apresentados na live, Lajeado registrou aumento de 71,5% de casos confirmados de coronavírus, em uma semana.

A Secretaria Estadual de Saúde ainda informou mais 14 mortes em decorrência do coronavírus no estado. Dessa forma, o Rio Grande do Sul soma 36.564 vítimas da Covid-19 desde o início da pandemia.

Internações

Desde o início do ano, também há elevação no número de confirmados, embora em proporção inferior à observada em leitos clínicos. Esta elevação ocorre a partir de um dos menores níveis de internados por covid-19 desde o início da pandemia. O estado registra, na tarde desta quarta-feira (19) 1.064 pessoas com coronavírus internadas em leitos clínicos. São 133 pessoas a mais, entre suspeitos e confirmados, na comparação com o dia anterior. O ritmo de internações  representa elevação 76,57% desde o início do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui