“O surgimento de um bairro traz benefícios e alguns problemas”, afirma prefeito de Lajeado

Proposta dos vereadores Deolí Graff (PP) e Eder Spohr (MDB) quer a criação do Bairro Jardim Botânico


2

Uma audiência pública na última quarta-feira (25) discutiu a possibilidade de criação do Bairro Jardim Botânico, em Lajeado. A proposta está sendo liderada pelo presidente da Câmara de Vereadores, Deolí Graff (PP), e pelo vereador Eder Spohr (MDB).

Para o prefeito de Lajeado, em entrevista nesta sexta-feira (27), este é um tema que precisa ser discutido com a comunidade. “O surgimento de um bairro traz benefícios e alguns problemas. Principalmente o fato das pessoas que têm o seu imóvel matriculado, quando forem fazer qualquer serviço de transferência, terão que fazer a atualização do imóvel”, diz.

Caumo vê esta possibilidade também como forma de divulgação da área de lazer do município. “É importante esse momento de discussão, para analisar qual é a posição da comunidade em geral sobre essa nova possibilidade que se cria. Tem tudo a ver com a localização do Jardim Botânico e uma forma também de divulgação e privilégio. Não são todas as cidades que têm um jardim botânico e Lajeado tem o seu”, comenta.

LEIA TAMBÉM: Moradora há 15 anos do Bairro Moinhos D’ Água é favorável a criação do Bairro Jardim Botânico

A proposta está em fase de redação pelos vereadores para que o projeto possa ser apreciado em plenário. A área do novo bairro está situada no entorno do Jardim Botânico de Lajeado, configurando os limites: de um lado o Arroio Saraquá, de outro a Avenida Ipê, no outro extremo a BR-386 e do outro lado as ruas 1º de Maio, João Valentim Gabriel, Rua Edmundo Odilo, Rua Arlindo Brietzke e Rua Felipe Schneider.

Texto: Nícolas Horn
nicolas@independente.com.br


2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui