O útil gamba brasileiro


0

São da família “Marsupiais” (coalas, canguru) quer dizer que tem bolsa onde nutrem e levam os filhotes. No Rio Grande do Sul tem o gambá de orelha branca, o de orelha preta e uma espécie de gambá comum também chamado Paraguai. O Brasil tem outra espécie que vive na Amazônia. Muitos os chamam erradamente de raposas. No Brasil não existem raposas só na Europa.

De hábitos noturnos e solitários, quando visto em dois são casais em fase de reprodução. Medem de 30 a 50 centímetros, pelos grossos com pontas brancas que dão uma cor acinzentada. Pesam de 3 a 5 quilos e vivem de 4 a 5 anos. Fazem ninhos em tocos ocos, fendas e gostam de um forro de galpão ou casas abandonadas, sempre em cantos escuros. Podem se reproduzir até 3 vezes ao ano. O aparelho reprodutivo da fêmea tem dois úteros, dois colos uterino e dois ovários. O macho tem o pênis bifurcado para facilitar a reprodução. A fêmea tem 13 mamas e o número de filhotes vai de 4 a 12 por gestação. A gestação completa leva de 70 a 90 dias. E os filhotes ficam na “bolsa” até por cerca de 50 dias. Muitas vezes a fêmea carrega os filhotes nas costas uma vez que não cabem mais na sua bolsa. São considerados maduros para a reprodução aos 10 meses de idade.

São comedores de tudo, raízes, frutas, vermes, insetos, moluscos, pequenos caranguejos, anfíbios, ovos, lagartos, lagartixas, pássaros, roedores, cobras, escorpiões, baratas, sangue de galinha, e restos de comida dos humanos.

Acredito que sua má fama vem de ataques aos galinheiros guando matam galinhas e comem ovos. Ao ser visto logo querem matar o bichinho. Há inclusive quem coma e sabe o segredo de tirar a glândula de cheiro.

Por outro lado, o gambá é imune ao veneno de cobra pode ser picado por jararaca, cascavel, coral verdadeira. Inclusive tem sido utilizado em pesquisas de desenvolvimento de soro antiofídico. (Instituto Osvaldo Cruz). Dizem que pode aguentar até 80 mordidas de cobras venenosas.

Para se defender se finge de morto ou exala forte cheiro para afugentar o perigo. Seus inimigos naturais são o gato do mato, puma, cobras, coruja, cachorros e principalmente o homem que o caça como se fosse uma praga. São facilmente atropelados a noite, ficam cegos com os faróis. O cheiro também é usado como atrativo sexual. O gambá brasileiro o cheiro é mais fraco do que o americano. Na verdade, é o cangambá bicho diferente, nem gambá é aparece em desenhos animados com sua faixa branca atravessando o corpo.

Por Nilo Cortez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui