Obras da Corsan no Vale do Taquari devem impedir a falta de água em novas enchentes, segundo diretor-executivo de operações da empresa

Segundo Rodrigo Lacerda, as estruturas devem ser elevadas um metro acima da cota registrada em maio; investimento total em cidades da região será de cerca de R$ 90 milhões


0
Foto: Natalia Ribeiro / Arquivo

As obras de infraestrutura que a Corsan realizará no Vale do Taquari devem impedir o desabastecimento de água diante de novas enchentes, conforme o diretor-executivo de operações da empresa, Rodrigo Lacerda.

“Tendência é que não falte mais água”, diz ele. Os equipamentos em área de inundação estão sendo revistos e re-projetados levando em consideração o nível atingido pela enchente de maio. “Nossa engenharia e proposta de melhoria estão focadas na última cota de inundação mais um metro”, explica Lacerda.

Em Lajeado e Estrela, por exemplo, as estruturas serão instaladas aproximadamente na cota 34,5 metros, já que o rio atingiu 33,66 metros no Porto de Estrela conforme o SGB/CPRM. O investimento total por parte da Corsan deve chegar aos R$ 90 milhões entre obras de recuperação já realizadas e novos serviços.

A inundação afetou o fornecimento de água porque muitos poços artesianos ficaram submersos e a falta de energia elétrica impediu o bombeamento. Em Estrela, os oito poços impactados pela enchente serão perfurados em novos locais, sendo que três já estão em funcionamento.

“Isso está sendo aplicado em todos os municípios da região do Vale do Taquari”, afirma Lacerda. Até o momento, 18 poços foram perfurados e instalados em toda a região. Para lidar com a falta de eletricidade, a Corsan projeta utilizar geradores e elevar subestações, também tendo como base a cheia de maio.

Lacerda cita ainda que a rede que interliga Lajeado e Cruzeiro do Sul foi reconstruída, depois de parte da adutora ser completamente levada pelo rio. “Alteramos o traçado da rede para um local que não tem histórico de problemas como esse agora em maio”, garante.

Texto: Eduarda Lima
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui