Julgamento do Caso Kiss é marcado para 1º de dezembro

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h


0

O julgamento de Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão, que respondem pelo incêndio ocorrido na Boate Kiss, em 2013, foi marcado para o dia 1º de dezembro, a partir das 9h. Os promotores de Justiça designados para o júri são Lúcia Helena Callegari e David Medina da Silva. Os quatro réus serão julgados juntos em Porto Alegre depois que o Tribunal de Justiça, ao acolher manifestação do Ministério Público, decidiu pelo desaforamento de Luciano Bonilha Leão, assistente de palco da banda Gurizada Fandangueira. Antes disso, Marcelo de Jesus, Mauro Hoffmann e Elissandro Spohr tiveram deferidos pela Primeira Câmara Criminal os pedidos de desaforamento para Porto Alegre, alegando o risco de parcialidade dos jurados caso fossem submetidos a julgamento em Santa Maria. O MP se manifestou contrariamente. Porém, diante da decisão judicial que impossibilitou reunir todos os réus em um mesmo júri na cidade do fato, pediu ao TJRS que Bonilha Leão também tivesse seu julgamento transferido para Porto Alegre. O incêndio ocorreu em 27 de janeiro de 2013 na cidade de Santa Maria. Morreram 242 pessoas e outras 636 ficaram feridas. MP RS

Inglaterra reabrirá lojas, academias e pubs ao ar livre, diz primeiro-ministro

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou nesta segunda-feira (5) que vai seguir com o plano de flexibilização do lockdown com a volta do comércio não essencial, salões de beleza, academias, pubs e restaurantes ao ar livre da Inglaterra no próximo dia 12 de abril. Com a taxa de novas infecções em queda e uma rápida vacinação em todo o Reino Unido, o país avança para o próximo estágio de reabertura na próxima semana. Johnson prometeu ir pessoalmente a um pub para tomar uma cerveja quando as atividades forem restabelecidas. Fonte: G1

Gilmar Mendes mantém proibição de missas e cultos em SP

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes rejeitou nesta segunda-feira (5) a concessão de uma liminar (decisão provisória) para suspender o decreto do governo de São Paulo que proíbe celebrações religiosas no estado diante do aumento expressivo dos casos e mortes pela Covid-19. O ministro enviou o caso ao plenário da Corte. A decisão contraria o entendimento do ministro do STF Nunes Marques, que determinou neste sábado (3), em caráter liminar, que governadores e prefeitos não podem proibir a celebração de atos religiosos desde que preservados protocolos sanitários, entre eles, lotação máxima de 25% da capacidade do local. Com as decisões conflitantes, caberá ao plenário do Supremo dar a palavra final sobre a liberação, ou não, dos cultos e missas. O presidente do STF, ministro Luiz Fux, marcou o julgamento para esta quarta-feira (7). Fonte: G1

Igrejas acumulam dívida de R$ 1,9 bilhão com a União

Beneficiadas com um perdão de dívidas concedido pelo governo federal, as igrejas acumulam R$ 1,9 bilhão em débitos inscritos na Dívida Ativa da União (DAU). Algumas delas deixaram de pagar à União até mesmo a contribuição previdenciária e o Imposto de Renda já descontados do salário dos empregados. Cerca de R$ 1 bilhão dessa dívida corresponde a débitos previdenciários não especificados, isto é, podem ser tanto a parcela devida pelo empregador quanto a parte recolhida em nome do empregado. Outros R$ 208 milhões do montante são contribuições patronais inadimplentes. Os valores incluem débitos em fase de cobrança, negociados em algum tipo de parcelamento ou até mesmo suspensos por decisão judicial. Fonte: CNN

Lajeado segue com vacinação de idosos acima dos 64 anos e profissionais da segurança nesta terça-feira

A prefeitura de Lajeado divulgou que seguirá vacinando idosos com 64 ou mais e profissionais da segurança nesta terça-feira (6). A imunização será realizada de maneira drive-thru e exclusiva para idosos no Parque do Imigrante, das 8h às 14h, e para ambos os grupos no Posto de Saúde do Centro, das 7h45 às 11h e das 12h30 às 16h. A imunização dos profissionais da segurança contemplam: Policiais Civis, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal, Susepe e Guardas Municipais. Para receber as doses, profissionais deverão preencher uma “Declaração de Atribuições para Vacinação”, que deverá ser assinada pelo servidor e pelo seu chefe e que deverá ser entregue na hora da vacinação. O documento está disponível no site da prefeitura. AI/VM

RS recorre ao STF para retomada de aulas presenciais

O governo do Rio Grande do Sul ajuizou na manhã desta segunda-feira um novo recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para assegurar a retomada das aulas presenciais no Estado. A ação foi feita com pedido de medida cautelar de urgência e pede a derrubada da liminar judicial que impede as atividades em solo gaúcho. Na peça, conhecida como Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), a PGE argumentou que a suspensão fere a competência do Executivo Estadual, os princípios da separação dos poderes e da universalidade da educação. Isso porque, desde meados de março, quando a pauta foi debatida na Assembleia Legislativa, o setor é classificado como essencial no Rio Grande do Sul. Fonte: Correio do Povo.

“Pais pela educação”: carreata no próximo sábado, em Lajeado, pede o retorno das aulas presenciais

Com o mote “Pais pela educação”, um grupo de pais se mobiliza na realização de uma carreata em Lajeado para o próximo sábado (10) reivindicando a retomada das aulas presenciais de forma opcional. O ato iniciará às 10h em frente ao Parque do Imigrante. A carreata sairá em direção à Univates, descerá pela Avenida Senador Alberto Pasqualini e pela Avenida Benjamin Constant, no centro da cidade, passará em frente à Praça do Chafariz e terminará em frente à Prefeitura de Lajeado. No local haverá a “Mochila Solidária”, com a doação de alimentos, que serão distribuídos para famílias carentes. A mobilização é organizada por meio de grupos de WhatsApp e Telegram, onde mais de 600 pessoas interagem. Há a expectativa de que pelo menos 200 pessoas participem da carreata. TS/RS

RS recorre ao STF para retomada de aulas presenciais

O governo do Rio Grande do Sul ajuizou na manhã desta segunda-feira um novo recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para assegurar a retomada das aulas presenciais no Estado. A ação foi feita com pedido de medida cautelar de urgência e pede a derrubada da liminar judicial que impede as atividades em solo gaúcho. Na peça, conhecida como Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), a PGE argumentou que a suspensão fere a competência do Executivo Estadual, os princípios da separação dos poderes e da universalidade da educação. Isso porque, desde meados de março, quando a pauta foi debatida na Assembleia Legislativa, o setor é classificado como essencial no Rio Grande do Sul. Fonte: Correio do Povo.

Justiça suspende reabertura de escolas na cidade do Rio de Janeiro

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro suspendeu na noite deste domingo (4) o retorno às aulas presenciais na cidade do Rio, que estava previsto para esta terça-feira. A decisão liminar (provisória) atendeu a uma ação popular de um grupo de vereadores e deputados. Cabe recurso. A decisão foi tomada num momento de alta das internações nos hospitais da capital fluminense devido à pandemia de Covid-19. Na tarde deste domingo (4), os hospitais da cidade tinham 1.416 pacientes internados e 167 pessoas na fila de espera por uma vaga de UTI. A taxa de ocupação dos leitos de UTI da Rede SUS do município está em 92%. A cidade registra 20.955 mortes provocados pela Covid e 229.928 casos da doença. Fonte: G1

Vale do Taquari tem três óbitos e 14 casos de Covid-19 informados nesta segunda

O Vale do Taquari teve três óbitos e 14 casos de Covid-19 informados pela Secretaria da Saúde do RS nesta segunda-feira (5).Os óbitos são de moradores de três homens de Estrela (73 anos), Taquari (37) e Teutônia (73). Os casos foram distribuídos para Lajeado (6), Taquari (6) e Estrela (2). Agora o Vale do Taquari chega a 36.527 casos confirmados. Desses, 34.742 (95,1%) são casos ativos, 1.170 (3,2%) estão recuperados e 615 pessoas faleceram (1,7%). O Rio Grande do Sul registrou 906 casos e 101 óbitos nas últimas 24 horas. RS

Produção e apresentação: Ricardo Sander
Próxima edição: nesta terça-feira, às 8h


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui