OMS alerta para longa crise do novo coronavírus

A Alemanha, que começou cuidadosamente a abrir seu comércio, lançou uma luz de esperança, ao anunciar que os testes humanos para uma vacina vão começar semana que vem.


0
Foto: Patrick Hertzog / AFP / CP

A Organização Mundial da Saúde alertou nesta quarta-feira (22) que a crise do novo coronavírus não terminará logo, com muitos países ainda nos estágios iniciais do enfrentamento da pandemia, que deixou mais de 180 mil mortos em todo o mundo.

À emergência sanitária se soma uma dura crise econômica, com negócios lutando para sobreviver, milhões de desempregados e outros milhões confrontados com a fome.

A Europa, duramente afetada pela pandemia, viu seu número de mortos bater um novo recorde sombrio, com 110 mil óbitos, enquanto a Itália, o país mais afetado depois dos Estados Unidos, atingiu os 25 mil.

A Finlândia anunciou que vai manter a proibição a reuniões com mais de 500 pessoas até julho.Na Espanha o governo informou que não espera suspender suas estritas medidas de restrição até meados de maio.

A Alemanha, que começou cuidadosamente a abrir seu comércio, lançou uma luz de esperança, ao anunciar que os testes humanos para uma vacina vão começar semana que vem.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui