OMS pede mais proteção para crianças, as mais afetadas pela nova onda de covid-19 na Europa

Confira as informações do correspondem meio-dia


0
Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta terça-feira (7) maior proteção para as crianças, a faixa etária mais afetada pela nova onda da pandemia de Covid-19 na Europa. Para evitar fechamentos de escolas e o ensino à distância, o departamento europeu da OMS recomenda o aumento dos testes de diagnóstico nos colégios e a análise da vacinação dos alunos, uma medida que foi aprovada por várias agências sanitárias em todo o mundo.”O uso de máscaras e a ventilação, assim como testes regulares, deveriam ser a norma em todas as escolas do ensino básico. A vacinação de crianças deveria ser debatida e considerada a nível nacional, com o objetivo de proteger as escolas”, afirmou o diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, em uma entrevista coletiva virtual. Correio do Povo

“Desabilitei o áudio dos microfones, eu errei”, afirma testemunha do Caso Kiss

O ex-operador de áudio e técnico de som Venâncio da Silva Anschau, de 40 anos, primeiro depoente ouvido no júri do Caso Kiss nesta terça-feira, disse que, no momento do início do incêndio que terminou com a morte de 242 pessoas, desabilitou o áudio dos microfones da banda Gurizada Fandangueira, o que teria impedido a comunicação dos músicos com o público. A testemunha, arrolada pela defesa do vocalista Marcelo de Jesus dos Santos, relatou que não visualizou as chamas no teto da boate e que viu apenas uma pessoa subindo no palco, sem identificar que ela tinha em mãos um extintor de incêndio. Apesar disso, Anschau contou que precisou ficar cinco dias internado no hospital por causa da exposição à fumaça, e que acabou perdendo o nascimento da filha. Relatou ainda que chegou a ter contato com algumas famílias de vítimas, mas que em outras ocasiões não teve coragem. Correio do Povo

Bolsonaro libera Prouni para ex-alunos de escolas privadas que não tiveram bolsa no ensino médio

O presidente Jair Bolsonaro liberou o acesso ao Programa Universidade para Todos (Prouni) para alunos que cursaram o ensino médio em colégios particulares (e sem bolsa de estudos integral). Eles poderão usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pleitear o benefício de ter 50% ou 100% de desconto em mensalidades de faculdades privadas. Os critérios econômicos continuam vigentes, ou seja, apenas candidatos com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos (R$ 3,3 mil) podem participar do programa. G1

FGTS: empregador que optou por suspensão do recolhimento deve quitar parcelas até esta terça

Os empregadores que aderiram à suspensão temporária da arrecadação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devem efetuar o pagamento da última parcela até esta terça-feira (7). A suspensão dos recolhimentos referentes a abril, maio, junho e julho de 2021, com vencimento em maio, junho, julho e agosto de 2021, foi permitida pela Medida Provisória 1.046/21, que flexibilizou regras trabalhistas como forma de suporte às empresas durante a pandemia. A medida perdeu a validade em 25 de agosto. O pagamento dos meses suspensos começou a ser feito em setembro e termina este mês. G1

Famílias vendem crianças para sobreviver no Afeganistão

Com uma crise econômica que já dura décadas, fortemente atingido por uma longa seca e com o Talibã de volta ao poder após quase 20 anos, em meados de agosto, o Afeganistão tem vivido dias cada vez mais sombrios. Enquanto o regime ainda busca reconhecimento internacional e, ao mesmo tempo, encara a situação degradante do país, os pobres pagam o preço mais alto. Algumas famílias enfrentam tamanha dificuldade que não têm outra alternativa a não ser vender os próprios filhos para pagar dívidas. Mohammad Ibrahim, um residente de Cabul, disse que, sem outra opção para quitar um débito que a família tinha e ter a casa queimada, aceitou negociar a filha de 7 anos. G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui