Onda de calor mata 360 pessoas na Espanha em seis dias

Reino Unido, Portugal e França também emitem alertas devido ao calor extremo


0
Foto: Ilustrativa / Divulgação

A Espanha registrou ao menos 360 mortes nos seis primeiros dias de uma onda de calor que atinge partes da Europa. As informações são do Instituto de Saúde Carlos III, vinculado ao Ministério da Saúde espanhol, e abrangem o período de 10 a 15 de julho. Temperaturas recordes de até 46 °C têm assolado o país.

Somente na sexta-feira (15) foram 123 óbitos. O Instituto de Saúde Carlos III também informou que, durante todo o mês de junho, o qual também registrou uma intensa e precoce onda de calor, a Espanha teve 829 mortes devido ao calor excessivo.

Desidratação, descompensação ou doenças crônicas são alguns dos fatores que podem agravar subitamente o estado de saúde das pessoas até levar ao óbito. Por isso, as autoridades de saúde apelam para que as pessoas bebam bastante água e permaneçam o maior tempo possível em locais frescos e sombreados.

Fonte: DW Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui