Onda subaquática pode ter causado acidente de submarino indonésio; entenda

Embarcação, com 53 tripulantes, afundou a uma profundidade de 838 metros, muito além do alcance dos socorristas


0
Submarino pode ter se chocado com onda subaquática (Foto: Alex Widojo/Anadolu Agency/Getty Images)

Autoridades da Indonésia estão trabalhando para determinar como o submarino militar com 53 tripulantes afundou no mar. A hipótese até agora é a de que a embarcação tenha sido atingida por uma onda solitária subaquática. A embarcação afundou a uma profundidade de 838 metros, muito além do alcance dos socorristas.

De acordo com o ABC.net.au da Austrália, estas ondas seriam invisíveis, mas possuem a força para arrastar um submarino para profundidades mais perigosas. A NASA, a administração espacial dos EUA, disse que a combinação de fortes correntes de maré, um fundo oceânico acidentado e a troca de água entre dois canais – um raso e outro profundo – “tendem a se combinar a cada 14 dias para criar um fluxo de maré excepcionalmente forte”.

A publicação ainda informa que oficiais navais indonésios consultaram imagens de satélite da região e determinaram que essas ondas enormes estavam na área no momento do naufrágio. O contra-almirante Iwan Isnurwanto, comandante da Escola de Comando e Estado-Maior da Marinha da Indonésia, disse à estação que a onda pode ter “subido da base para o norte, e há uma trincheira entre duas montanhas”.

“Não havia nada que eles pudessem fazer, nenhum tempo para fazer nada se o submarino fosse derrubado por tal onda. Provavelmente inclinou [para baixo], fazendo com que todos os membros da tripulação rolassem para baixo”, disse. Apesar da hipótese, o motivo do acidente permanece incerto. Alguns sugeriram que o submarino foi atingido por um míssil de um navio estrangeiro, ou mesmo que sofreu um blecaute. Entretanto, oficiais dizem que o submarino ainda foi detectado quando começou seu mergulho e que “as luzes estavam acesas”, o que significa que havia apenas uma pequena chance de um apagão elétrico ser o culpado.

A embarcação desapareceu no dia 21 de abril e foi encontrada no último domingo (25) seccionado em três partes no fundo do mar na costa de Bali. Todos os tripulantes foram considerados mortos.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui