ONU escolhe Irã para ser membro de comissão de direitos das mulheres

O país do Oriente Médio assumirá o posto em 2022, e o mandado deve durar quatro anos


0

O Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu o Irã como um dos membros da Comissão sobre o Status da Mulher – principal órgão intergovernamental global dedicado exclusivamente à promoção da igualdade de gênero e ao empoderamento das mulheres. O país do Oriente Médio assumirá o posto em 2022, e o mandado deve durar quatro anos.

A própria ONU já acusou o Irã de desrespeitar os direitos das mulheres. Em um relatório divulgado em agosto do ano passado, o Secretário-Geral das Nações Unidas afirmou que o Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos recebeu denúncias de “persistente discriminação contra mulheres, meninas e minorias” no país.

Segundo o relatório, o país mantém “contínua discriminação com base no gênero na lei e na prática, incluindo no que diz respeito a questões familiares, liberdade de movimento, emprego, cultura e esportes, bem como acesso a funções políticas e judiciais”.

Fonte: CNN Brasil


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui