Operação do MP afasta prefeito e outros servidores da Prefeitura de Canoas

Jairo Jorge (PSD), o secretário de Saúde e o de Planejamento foram afastados


0
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) realiza, na manhã desta quinta-feira (31), uma operação contra uma organização criminosa que seria estruturada dentro da Prefeitura de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O prefeito Jairo Jorge (PSD), o secretário de Saúde e o de Planejamento foram afastados.

O advogado Jader Marques, que representa Jairo Jorge, informou que se manifestará após ter acesso às investigações. “O prefeito Jairo Jorge dará todas as explicações e prestará todas as informações, como faria se fosse solicitado pela forma não violenta. Eu vou buscar acesso às investigações e farei, no momento oportuno, a devida manifestação sobre as medidas que serão tomadas.”

Estão sendo cumpridas 81 medidas cautelares contra 24 pessoas físicas e 15 empresas. Sete dessas empresas foram proibidas de contratar com o poder público e seis pessoas afastadas dos cargos. Os servidores devem ficar afastados pelo período mínimo de seis meses, segundo o MP.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui