Operação integrada Maria da Penha é deflagrada no Rio Grande do Sul

Capitã Carmine Brescovit, da Brigada Militar de Estrela, detalha ações e fala sobre desafios do combate à violência doméstica


0
Foto: Júlio César Lenhard

A Polícia Civil e a Brigada Militar deram início nesta quinta-feira (26), em todo o Rio Grande do Sul, à Operação Maria da Penha. A ação tem o objetivo combater a violência doméstica contra mulher e, especialmente, reprimir os feminicídios.

As atividades foram realizadas de forma integrada, como parte da execução do plano de ações da Operação Maria da Penha, deflagrada em âmbito nacional dia 20 de agosto com previsão de vigência até o dia 20 de setembro de 2021. O trabalho tem a finalidade de conscientizar, em âmbito nacional, as mulheres em situação de violência a buscar o atendimento qualificado, bem como a disseminação da importância da formalização das denúncias e acompanhamento efetivo dos casos de violência contra a mulher.

A comandante da Brigada Militar de Estrela, capitã Carmine Brescovit, entende que um dos maiores desafios é a conscientização da população para denunciar os casos de violência doméstica.

“Muitas vezes as mulheres têm receio ou medo do que pode acontecer. Muitas vezes a agressão é seguida de ameaças em caso de denúncia, acaba sendo um problema e por isso é importante este tipo de conscientização e também de operação”, afirma a comandante.


ouça a entrevista


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui