Operação  transfere  líderes de facções gaúchas para presídios federais

Detentos são considerados de altíssima periculosidade e têm posição de liderança nas principais organizações criminosas gaúchas.


0

As forças de segurança pública do Rio Grande do Sul realizaram nesta semana, uma nova ofensiva para neutralizar a cadeia de comando do crime organizado no estado.

Sob coordenação do programa RS Seguro, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) deflagraram a Operação Império da Lei II, que transferiu nove detentos de altíssima periculosidade e com posição de liderança nas principais organizações criminais gaúchas para penitenciárias federais fora do Estado.

Com a participação de 490 agentes e o emprego de 70 viaturas e duas aeronaves, a ação dá continuidade à primeira etapa da Império da Lei, que em março enviou 18 líderes de grupos criminosos para estabelecimentos do Sistema Penitenciário Federal (SPF). Entre os nove encaminhados agora, seis já eram alvo da fase anterior, mas haviam tido os pedidos de transferência negados.

Fonte: Governo do Estado


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui