Organizadores convocam voluntários e parceiros para reunião sobre o Viva o Taquari Vivo

Ação já tem data marcada, mas mudanças no formato em função da pandemia devem ocorrer. Um encontro de preparação acontece dia na próxima terça-feira (2).


0
Foto: Arquivo / Grupo Independente

Voluntariado e conscientização podem resumir um evento que já se tornou tradicional na região. A Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), através da Unidade Parceiros Voluntários (UPV) Lajeado, programa para a manhã de 10 de abril a 14ª edição da ação Viva o Taquari Vivo. O movimento voluntário de limpeza das margens e leito do Rio Taquari ocorre simultaneamente nos municípios de Lajeado, Estrela, Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, Bom Retiro do Sul, Encantado e Venâncio Aires.


ouça a reportagem

 


A comissão organizadora da ação reúne-se virtualmente às 8h da próxima terça-feira (2) para planejar a programação que será realizada em cada município. “É o momento para que representantes de municípios, empresas, organizações e de grupos voluntários se reúnam para projetar a realização do movimento, por isso estamos convidando a todos”, explica Gilmara Scapini, que comanda a Unidade Parceiros Voluntários.

A última edição da ação ocorreu em 2019. No ano passado, o Viva o Taquari Vivo estava programado para o dia 28 de março, mas foi cancelado em função da pandemia. Esse anos algumas mudanças no formato da realização do evento pode ocorrer.

“É justamente o que queremos planejar neste encontro do dia 2, estive passando por Porto Alegre e também por Rio Grande que tem movimentos parecidos em rios e e alguns modelos servem de exemplo em meio a pandemia como por exemplo a separação em grupos ou blocos de pessoas que vivem mais próximas ou trabalham juntas o mesmo que tenho mais afinidade para não aglomerar pessoas, mas isso é só um exemplo todos vão poder sugerir”, explica Gilmara.

Para participar da reunião virtual de preparação, ou qualquer dúvida, o contato é o e-mail parceirosvoluntarios@acilajeado.org.br, ou o telefone (51) 3011-6900.

Texto: Júlio César Lenhard

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui