Foto: Divulgação

Os citros são representados pelas bergamotas (tangerinas), cidra e pomelo. Mas tem complicação por aí. É que muitos citros são híbridos onde algumas aconteceram na natureza e outros no cultivo como; laranjas-doces, laranjas-amargas, toranja, limão, limão-cravo, lima doce, tanjelos (bergamota e pomelo), tangores (bergamota e laranja- doce). E o limão Taiti não é limão e sim lima.

Tem ainda a Clementina. E as bergamotas tradicionais e as ponkan estão no mesmo grupo. As satsumas são “bergamotas” japonesas sem sementes, acidez e cheiro. E a murcott é um cruzamento entre tangerina e laranja. Aqui no Vale quem mais conhece frutas é o Eng. Agr. Derli Paulo Bonine da EMATER que tem muitas informações nesta área.


ouça


A importância da cultura fez com que tenha até data comemorativa que é dia 8 de junho e foi estabelecida em 1969. Originários da China a cerca de 4000 anos se espalhou pelo mundo na idade média e os árabes levaram para a Europa e daí para a América.

No Brasil teve início com a colonização portuguesa entre os anos de 1530 e 1540 quando introduziram sementes de laranja doce na Bahia e São Paulo. Mas de maneira comercial teve seu crescimento a partir da década de 1930 no Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. As primeiras exportações vieram acontecer em 1962.

As estimativas apontam que de cada cinco copos de suco de laranja tomados no mundo três são brasileiros. O Brasil produz 50% da produção mundial de suco e exporta 98% e tem 85% da participação do mercado mundial. O suco de laranja é a bebida de frutas mais tomada no mundo, sendo o maior consumidor os EUA.

A estimativa de safra 2017/2018 é de 364,7 milhões de caixa de 40,8 kg, chegando à média de 753 laranjas por pé. Ainda a estimativa aponta que cada caixa terá em torno de 265 frutos e que a queda de frutas será ao redor de 18%. São dados da CITRUS BR Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos.
Algumas dicas sobre cítricos:

– Compre mudas certificadas para evitar entrada de doenças e pragas no pomar que dificilmente poderão ser tiradas depois. Boa época de plantio vai de agora até setembro. Nas covas use esterco bem curtido e adubação conforme a análise do solo.

– Ao plantar mudas enxertadas não enterre o “nó” ou “calo” se não vai brotar o porta enxerto e não vai ter laranja.

– No pomar doméstico só se poda galhos mal formados, quebrados e secos. E nos cortes maiores convém passar pasta bordalesa para não entrar doenças e pragas.

– Laranjas rachadas acontecem por problemas fisiológicos quase sempre depois de um período de falta de chuva seguidos de mais chuvas. A fruta cresce e a casca não pode acompanhar. Pode ser evitado com boa adubação e irrigação.

– A maior queda de frutas acontece pelo ataque de moscas das frutas e isto inicia quando ainda verde, ela coloca ovos que depois nascem às larvas que para completar o ciclo precisam de solo. Derrubam a fruta e a pupa fica na terra para terminar o ciclo. O uso de armadilhas “garrafinhas” colocadas no lado do sol da manhã ajuda a diminuir as perdas. Consulte o agrônomo.

– As laranjas caídas no chão devem ser recolhidas e dadas aos animais ou enterradas para não ajudarem a multiplicarem pragas e doenças. Também pode ir para a compostagem ou minhocario não em excesso.

– É possível no pomar ter cítricos quase todo ano fazendo um planejamento de plantio e escolhendo as variedades adequadas.

– Limão pode ser congelado inteiro e depois usado ralado para doces, bolos, tempero e bebidas.

– Cascas , como nossos avós faziam, podem ser secas no fogão a lenha para serem usadas depois em chás.

– Circula pela internet uma formula para limpar fogão, eu não testei, mas quem quiser experimentar: num vidro tipo conserva colocar duas bergamotas descascadas e água deixando cinco dias tampados. No forno colocar soda caustica em pó sobre a peça a ser limpa e pulverizar com o líquido (água) da bergamota estava de molho. Esperar dez minutos e passar água com esponja. Use luva para proteger as mãos.

– Os cítricos são ricos em VIT. C, mas para aproveitar este potencial deve ser feito na hora de beber. Se antecipar perde boa parte de seu valor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui