Paciente afirma que kit de medicamentos reduz sintomas da Covid-19 em 80%

Sargento da Brigada Militar relata dificuldade de enfrentar a doença sem medicamentos adequados.


1
Entrevista no Programa Encontro Maior com Renato Worm (Foto: Divulgação)

A falta de comprovação científica faz com que muitos médicos evitem receitar kit que contém a hidroxicloroquina, a ivermectina e a azitromicina para tratar casos de Covid-19. No entanto, pacientes que enfrentaram a doença relatam os benefícios dos medicamentos.

O sargento da Brigada Militar, Luis Felipe Finkler, concedeu entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e relatou que teve os primeiros sintomas há pouco mais de três semanas. Ele procurou o Posto de Saúde de Lajeado, a UPA e o Hospital Bruno Born e nenhum dos médicos receitou o kit contendo os três remédios.


ouça a entrevista

 


 

Entre os problemas que teve, estão tosse, dor de cabeça, dor no corpo e perda da voz. Como sofre de pressão alta, Luis Felipe Finkler afirmou que passou pelos sintomas mais fortes do novo coronavírus.

Na família, a esposa e dois filhos também tiveram a doença. Como eles conseguiram os medicamentos recomendados, não foram acometidos de forma mais grave. O Sargento lamentou que os médicos não lhe receitaram o kit de medicamentos, pois considera que ele reduz em até 80% os sintomas.

Luis Felipe Finkler atua no setor administrativo da Brigada Militar e foi afastado das funções assim que apresentou os primeiros problemas. GL

1 comentário

  1. Deveria largar da brigada e estudar medicina, já que consegue fechar diagnóstico com base em parâmetros distintos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui