Uma mulher que contraiu uma doença após tomar a vacina contra a gripe vai receber R$ 80 mil em indenização por dano moral em Erechim, no Norte gaúcho. A sentença que condenou a União é da 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre.

A paciente relatou que, dias depois de tomar a dose, em 2010, passou a sentir dores pelo corpo. Um médico diagnosticou o quadro de polineuropatia inflamatória, inflamação em nervos periféricos que provoca formigamento e diminuição de força muscular. No processo, ela citou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reconhece a doença como um dos efeitos colaterais da vacina.

A paciente teve ganho de causa na Justiça de Erechim. A União recorreu, mas o TRF4 manteve a decisão. Rádio Guaíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui