Pacto Lajeado pela Paz tem como desafio criar conexões por uma cidade harmoniosa, afirma coordenadora

Projeto integra o ecossistema do Pro_Move e aplica ações em escolas e empresas


0
diretor-executivo da Agil, Tiago Guerra, e coordenadora do Pacto Lajeado pela Paz, Tânia Fröhlich Rodrigues (Foto: Fernanda Kochhann)

O Pro_move Lajeado conecta poder público universidade, empresas privadas e a sociedade para atuarem como agentes de transformação na cidade, criando um ecossistema amplo. Entre os atores desse ecossistema está o Pacto Lajeado pela Paz.

Em entrevista ao Acorda Rio Grande desta quarta-feira (27), a coordenadora Pacto Lajeado pela Paz, Tânia Fröhlich Rodrigues, falou sobre a atuação do projeto junto à sociedade.

O Pacto tem como pilares, no eixo da prevenção, a educação socioemocional nas escolas, atendendo mais de 10 mil alunos; o programa da Justiça Restaurativa; e a parentalidade positiva. Além disso, o projeto também atua na aplicação da lei, coordenado pelo secretário de Segurança Pública de Lajeado, Paulo Locatelli.

Segundo Tânia, as ações desenvolvidas buscam trabalhar questões com autoconhecimento, diálogo colaborativo, empreendedorismo, compartilhamento de leituras, além de promover a inteligência emocional para que os jovens façam boas escolhas e diminuam a incidência da drogadição.

Além disso, o Pacto também tem parcerias com diversas empresas, repassando aos pais mecanismos para lidar com os filhos e promover uma convivência harmoniosa

De acordo com Tânia, o grande desafio do projeto é conectar todos por uma cidade restaurativa e de paz. FK

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui