Pad Thai, o prato mais popular da culinária tailandesa

Há versões vegetarianas, com camarões frescos ou secos ou acompanhadas de brotos de feijão


0
Foto: Ilustrativa

Nas ruas de Bangkok, o Pad Thai está por todos os lados e entre estrangeiros é o único prato amplamente conhecido. Há versões vegetarianas, com camarões frescos ou secos ou acompanhadas de brotos de feijão.

Em uma cultura em que o arroz é o carro-chefe, é no mínimo curioso que um prato cuja base seja macarrão frito tenha alcançado o posto de comida nacional. Isso porque tanto a matéria prima (os noodles) quanto a técnica (stir fry) só chegaram à Tailândia há 250 anos, junto com os imigrantes chineses.

Se os imigrantes levaram os ingredientes, os tailandeses tomaram a frente na hora do preparo. São os temperos e molhos usados por eles – esses sim muito presentes na culinária local – que conferem ao Pad Thai o contraste de sabores e texturas presentes em qualquer prato típico da Tailândia. E é justamente a fusão das duas culturas que torna o Pad Thai tão único.

Medico e gourmet Marcos Frank fala sobre culinária nas sextas-feira no quadro “Direto Ao Ponto” (Foto: Divulgação)

A popularidade do Pad Thai, no entanto, não se espalhou pelo país apenas por uma questão de paladar. Assim como muitos outros pratos da comida tailandesa, ele foi imposto de cima para baixo. No passado, era tradição que qualquer novo ingrediente ou prato que chegasse à Tailândia precisasse ser aprovado pelo rei antes de se disseminar para a população. E, caso ele gostasse, ele mesmo se tratava de distribuir a novidade entre o povo.

Algo parecido ocorreu com o Pad Thai. O prato é considerado a primeira receita a ser padronizada na cozinha tailandesa. Isso porque, em 1938, após mudar o nome do reino de Sião para Tailândia, o Primeiro Ministro Plaek Phibunsongkhram (Phibun, para os íntimos) resolveu redesenhar a cultura do país por decreto.

O fato é que o prato foi o escolhido e a difusão do Pad Thai se tornou política de Estado. Para isso, o governo distribuiu uma receita padrão, com uma forte propaganda nacionalista por trás, e encorajou comerciantes a prepararem e venderem o prato nos típicos carrinhos de rua que ainda enxameiam Bangkok. Com o slogan “noodles é o seu almoço” e ambulantes a cada esquina, o Pad Thai acabou se tornando uma comida de conveniência, o primeiro fast food do país.

Atualmente, a julgar pela quantidade de vendedores ambulantes que até hoje preparam a receita nas ruas e mercados de todo o país, na fila que se forma todos os dias do lado de fora do pequeno restaurante que vende o melhor Pad Thai de Bangkok e nos mais de 11 mil restaurantes que promovem a culinária local fora da Tailândia e têm no prato seu carro-chefe, a tática deu certo.

Receita de pad thai

Ingredientes

  • 120 g macarrão de arroz seco
  • 

6-8 camarões médios – limpos e frescos
  • 

1/2 xícara de queijo tofu firme – picado em cubos pequeno
  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa camarão seco – picado
  • 2 xíc. broto de feijão
  • 6 cebolinhas – picados em pedaços de 3cm
  • 1 chalota – ou 1/2 cebola roxa picada
  • 3 col. de sopa amendoim torrado – moído grosseiramente
  • 

4 col. de sopa molho de peixe – tailandês – Nam Pla
  • 4 col. de sopa suco de tamarindo –
  • 2 col. de sopa açúcar mascavo
  • 4 col. de sopa óleo vegetal
  • 1 limão

pimenta vermelha em flocos – a gosto

Modo de preparo

* Leve uma frigideira wok para aquecer em fogo alto. Adicione 2 col. de sopa de óleo, em seguida os camarões. Deixe dourar por 1 min de cada lado. Retire os camarões da wok e reserve.
* Na mesma frigideira, adicione mais 2 col. de sopa de óleo e frite o tofu picado em cubos até ficar dourado. Cuidado para não mexer muito o tofu e despedaçar.
* Adicione a cebola e o camarão seco e refogue bem.
* Adicione a massa. Em seguida, acrescente o açúcar, o suco de tamarindo e o molho de peixe. Vá mexendo e virando a massa até que absorva todo o líquido.
* Prove a massa para checar o ponto de cozimento. Se precisar, adicione um pouco de água e continue mexendo até absorver o líquido novamente.
* Puxe a massa para as laterais da Wok, deixando um espaço vazio no centro.
* Quebre os ovos no espaço vazio e mexa até espalhar bem por todo o centro da wok.
* Cozinhe os ovos por 20 segundos
* Mexa os ovos bruscamente com a espátula.
* Volte a massa para o centro, mexa bem para que o os ovos se misturem bem com ela.
* Adicione o broto de feijão, a cebolinha cortada, os camarões grelhados e o amendoim moído. Desligue o fogo e mexa bem até misturar todos os ingredientes.
Para Servir
* Na lateral de cada prato, coloque metade de um limão, um pouco de amendoim moído e um pouco de pimenta vermelha em flocos.

Comentários adicionais

* Os camarões frescos podem ser substituídos por cubos de frango ou porco. Neste caso, deixe a carne marinando por alguns minutos em molho de peixe ou molho de soja( shoyu)para dar mais sabor.
* Para uma versão vegetariana, não adicione os camarões e substitua o molho de peixe por molho de soja(shoyu)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui