Padre é condenado por assédio sexual contra adolescente que trabalhava em paróquia na Serra Gaúcha

Conforme a acusação, entre junho de 2021 e fevereiro de 2022, o homem fazia propostas à vítima, oferecendo uma "vida de luxo e viagens"


0
Foto: Ilustrativa

Um padre foi condenado por assédio sexual contra uma adolescente que trabalhava na secretaria de uma paróquia em Canela, na Serra Gaúcha. Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), a vítima tinha 16 anos quando iniciaram os fatos.

Conforme a acusação, entre junho de 2021 e fevereiro de 2022, o homem fazia propostas à vítima, oferecendo uma “vida de luxo e viagens”.

Segundo informações divulgadas na segunda-feira (11) pelo Tribunal de Justiça do Estado, a pena foi fixada em 1 ano, 3 meses e 29 dias em regime aberto, substituída por prestação pecuniária de 5 salários mínimos. O padre pode recorrer da decisão. O nome dele não foi divulgado.

Fonte: O Sul

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui