Padres são absolvidos pelo Tribunal do Vaticano em caso de estupro de crianças e adolescentes

Caso de suposto abuso começou quando acusado tinha 14 anos e vítima tinha 13. Reitor da entidade que teria acobertado a situação também foi absolvido


0
Foto:Pexels / Reprodução

O tribunal penal do Vaticano anunciou nesta quarta-feira (6) que absolveu o padre italiano Gabriele Martinelli, de 29 anos, julgado em primeira instância pelo suposto estupro de um menor, um ano mais jovem, quando viviam em um pré-seminário na Cidade do Vaticano.

Os juízes também absolveram o padre Enrico Radice, de 72 anos, então reitor da entidade onde ocorreram as supostas violações, processado por ter sistematicamente protegido Martinelli. Em julho, a promotoria havia pedido 6 anos de prisão contra Martinelli, acusado de estupro, e quatro anos contra o padre Radice, por cumplicidade.

O tribunal decidiu em seu breve veredicto que eles foram absolvidos de alguns crimes, que não poderiam ser punidos por outros e que outros foram prescritos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui