Pais organizam caminhada pacífica pedindo retorno das aulas presenciais em Lajeado

Atividade será realizada nesta quinta-feira (15), às 17h30, com saída em frente à prefeitura, seguindo até o Posto Faleiro


4
Grupo de pais de Lajeado realizou carreta no sábado passado (10) (Foto: Rita de Cássia / Arquivo)

Após realização de uma carreata no último sábado (10), um grupo de pais de Lajeado volta a se mobilizar para realizar novas ações pedindo o retorno das aulas presenciais na cidade. Desta vez, a atividade é chamada de “Gaúchos pela Educação” e indica que “Lugar de Criança e Adolescente é na escola”. Será realizada uma caminhada pacífica nesta quinta-feira (15), às 17h30 com saída em frente à prefeitura, seguindo até o Posto Faleiro. Os organizadores pedem que os participantes utilizem máscara e mantenham o distanciamento.

Imagem: Divulgação


Carreata

Em torno de 500 veículos, entre carros de passeio e vans escolares, participaram da carreata “Pais pela educação”, por meio de grupos de WhatsApp e Telegram na cidade de Lajeado, em prol do retorno das aulas presenciais de forma opcional. A mobilização de pais, alunos, professores e motoristas de transporte escolar teve início em frente ao Parque do Imigrante e seguiu pelas principais ruas do município até a prefeitura de Lajeado. O grupo ainda promoveu a “Mochila Solidária”, com a arrecadação de alimentos.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

4 Comentários

    • É melhor ser filiada ao PT, à CUT, e sem filhos e estar vivo do que ser filiado à milícia, ter filhos ligados à milícia e estar matando os brasileiros. Bozo genocida.

      A maioria dos ignorantes que fala em socialismo, comunismo se quer sabem o que significa esses sistemas de sociedade. O comunista mais famoso que já existiu foi nosso Salvador Jesus Cristo.

      Sugiro a essa galera estudar um pouco mais.

  1. já encheu esta noticia, toda hora isso aí.
    Só podem ser os pais que não aguentam mais os filhos em casa pois não conseguem fazer uma academia.
    e estes são os primeiros a levar os filhos para escola com sintomas gripais.
    por que não fazem manifestação para vacinar os professores então.
    esse é o Brasil, bando de egoístas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui