Papa Francisco decreta regras anticorrupção

Todos os funcionários que trabalham na cúria de Roma e no Vaticano estão proibidos de aceitar presentes de mais de 40 euros


0
Foto: Vatican Media

O papa Francisco publicou, nesta quinta-feira (29), novas regras de conduta que exigem que os funcionários da Santa Sé com cargos de gerente para cima garantam, em documento assinado, que nunca foram condenados e não são investigados por fraude, corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de impostos e exploração de trabalho infantil.

Esses empregados da Igreja também não podem ter dinheiro em paraísos fiscais e nem ações ou títulos de dívidas de empresas que têm políticas contrárias às doutrinas da Igreja.

Além disso, todos os funcionários que trabalham na cúria de Roma e no Vaticano estão proibidos de aceitar presentes de mais de 40 euros (R$ 260, na cotação atual) caso o brinde seja dado por causa do cargo da pessoa.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui