“Recorde de matrículas”: parceria com a Univates qualifica e amplia Ensino Médio do Colégio Gustavo Adolfo, destaca diretor

Edson Wiethölder ainda fala sobre o novo Projeto Bilíngue e a realização da 2ª edição do “Natal Som e Luz GA”


1
Diretor Edson Wiethölder (Foto: Rodrigo Gallas)

O Colégio Sinodal Gustavo Adolfo (GA) lançou recentemente duas propostas inéditas na região, que iniciarão de fato a partir de 2022, são eles: o Novo Ensino Médio Gustavo Adolfo campus Univates e o Projeto Bilíngue. Em entrevista ao programa Panorama da manhã desta terça-feira (14), o diretor da instituição, Edson Wiethölder destaca que em virtude do aumento de vagas devido ao projeto em parceria com a Universidade do Vale do Taquari (Univates) as matrículas continuam abertas. “Já estamos com recorde de matrículas levando em conta os últimos 14 anos”, pontua.

O Gustavo Adolfo já detém o maior Ensino Médio privado da região, com 160 estudantes matriculados. A parceria com a Univates amplia a questão estrutural e permite a oferta de novas possibilidades. As aulas serão ministradas no prédio 1 da universidade.

Wiethölde destaca que a proposta do Novo Ensino Médio é baseada nas necessidades da região. Foram dois anos de pesquisas desenvolvidas pela expertise do GA e Univates. Um dos destaques da parceria é que os estudantes participarão de disciplinas eletivas de cursos técnicos (1º e 2º anos) e de graduação (3º ano) da instituição.

Outro projeto destacado é o Bilíngue. Dois professores simultâneos, em Português e Inglês, serão colocados em sala de aula para estudantes que ingressarem no Nível III da Educação Infantil e no 1º ano do Ensino Fundamental. Os estudantes terão contato com as duas línguas desde cedo e de forma integral, incentivando o desenvolvimento do segundo idioma com naturalidade.

“Natal Som e Luz GA”

Além das novidades de qualificação no ensino, Wiethölder convida a comunidade a se dirigir a fachada da escola para acompanhar a realização da segunda edição do “Natal Som e Luz GA”. Diariamente, das 20h às 21h45, com um intervalo de 20 minutos entre as apresentações, é exibido um show de efeitos de luzes, com seis trilhas diferentes.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

1 comentário

  1. Univates poderia pensar nas pessoas e fazer mensalidade decente, coerente e “pagável”. Basta olhar o quanto as outras universidades cobram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui