Parceria público-privada possibilita a construção de uma nova escola em Cruzeiro do Sul

Prefeitura e um grupo de empresários iniciaram obra no Bairro Primavera. Entrega da escola está prevista para 12 de outubro


0
Doações que chegaram nesta segunda-feira de Santa Catarina (Foto: Elisangela Favaretto)

Neste mês de julho foi iniciada a obra de construção de uma nova escola para o município de Cruzeiro do Sul, localizada no Bairro Primavera. A obra, que é uma parceria entre a iniciativa pública e privada, deve atender cerca de 400 alunos. O município cedeu a área de terra e realizou a concretagem, enquanto um grupo de empresários gaúchos e catarinenses, arrecada doações e estrutura as paredes do educandário. A previsão de entrega é para 12 de outubro, Dia da Criança.

O empresário do setor químico, Percy Storck, que é de Porto União, Santa Catarina, é um dos coordenadores da obra. Ele também é do Exército Brasileiro da Reserva Militar e auxiliou na limpeza e reconstrução do município no mês de maio.

“Estamos dando o pontapé inicial depois de 30 dias. Fizemos várias reuniões, acompanhados pelo município, Secretaria da Educação, de Planejamento e Ministério Público. Toda semente plantada de pinus, de eucalipto das florestas do Brasil está voltando para o Rio Grande do Sul para construir uma escola. Esse projeto nasceu do desejo de doações da Associação Brasileira da Madeira e de outros setores e segmentos da construção civil do Brasil”, explica.

“É uma obra que vai ter características de um prédio robusto, bonito, de bom acabamento, mas todo ele confeccionado estruturalmente por madeira, telhado e cobertura de aluzinco e metálica. Tem esse mix da construção civil, com alumínio e cerâmica em geral. Estamos bem contentes com esse projeto para trazer pro Rio Grande do Sul esse conceito de obra limpa, com menos poluição no canteiro de obras”, explica.

Assim que for finalizada a concretagem, o local estará pronto para o processo de instalação das paredes que irão compor a escola. O educandário terá 14 salas de aula, com média de 40 metros quadrados, com capacidade para 25 alunos cada, mais os banheiros. Salvo os banheiros, as demais divisórias e paredes externas serão em madeira compensada dupla.

Texto: Elisangela Favaretto
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui