Parte do grupo que se acidentou no Chile retorna neste domingo para Lajeado

Uma lajeadense segue no Hospital Doutor Carlos Cisternas de Calama, com fraturas no punho, clavícula e nas costelas


0
Foto: Arquivo pessoal

Um grupo de 22 pessoas do Vale do Taquari, que estava no ônibus que se acidentou no Chile, irá voltar neste domingo (28) para Lajeado. Eles se deslocaram no sábado (27) para Calama, cidade com aeroporto, e compraram as passagens.

O grupo voltará de avião, até Santiago, e depois para Porto Alegre. A chegada na capital deve acontecer na parte da noite.

Uma mulher de Lajeado segue no Hospital Doutor Carlos Cisternas de Calama, com fraturas no punho, clavícula e nas costelas. Apesar disso, o estado de saúde é estável. Outras nove pessoas também seguem na casa de saúde.

No total, 40 pessoas seguiam em um ônibus na rota internacional 27CH, que liga o posto de fronteira Jama a San Pedro de Atacama, no Chile, quando na descida da serra, o motorista teria perdido o freio, ingressado em uma área de escape e capotado por diversas vezes. O choque aconteceu por volta das 21h da última quinta-feira (25).

Ainda na sexta-feira (26) foi confirmada a morte de Elenice Terezinha Mezzomo Preto, moradora de David Canabarro, município do norte do Estado. Na tarde deste sábado foi identificada a segunda pessoa morta. Trata-se de Nora Edith Kunz, moradora de Poço das Antas. Ela estava na viagem junto de uma amiga, que estava sentada ao seu lado.

Saiba mais

Mulher de Poço das Antas é reconhecida como a segunda vítima fatal de acidente no Chile

Sobrevivente de acidente no Chile publica vídeo nas redes sociais: “Bem, na medida do possível”

Malas de turistas são saqueadas em meio a cenário de caos

Pelo menos 10 passageiros do ônibus que se acidentou no Chile seguem no hospital

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui