Passagens aéreas devem ficar 10% mais caras com volta de despacho gratuito de bagagem

Medida que prevê volta do despacho gratuito de malas vai ao Senado


0
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Ao contrário do que se poderia imaginar, as ações das companhias aéreas tiveram alta no início da tarde de ontem, após os analistas de mercado digerirem o retorno do despacho gratuito de malas pela Câmara dos Deputados.

Segundo uma fonte do setor, eles fizeram contas: a isenção resultará em aumento dos preços das passagens de maneira generalizada e numa melhoria da rentabilidade das empresas aéreas. Em sua estimativa, a alta média ficaria por volta dos 10%.

Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui