Pastor afirma que, mesmo passados 503 anos, Lutero continua como referência em tempos atuais 

Ideologias político-partidárias pregadas por certos pastores afastam membros da IECLB.


1
Foto: Divulgação

Em entrevista ao programa Encontro Maior, da Rádio do Vale AM 820, nesta sexta-feira (30), referente aos 503 anos da Reforma Protestante, comemorado neste dia 31 de outubro, o pastor da IECLB e vice-presidente da Associação Luterana Herdeiros de Worms, Ademir Kreutzfeld, aponta duas teses como fundamentais para uma avaliação atual.


ouça a entrevista

 


A teste 01: “ Nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo ao dizer: arrependei-vos, intencionou que toda a vida dos cristãos seja de arrependimento.” E a tese 62: “O verdadeiro tesouro da igreja é o santo evangelho da glória e da graça de Deus.”

Segundo o pastor, atualmente existe uma pressão muito grande em tirar da Bíblia a sua autoridade, onde se passa a acreditar mais no intérprete do que na própria escritura. Ele afirma também que é preocupante, e acaba afastando fiéis, a atitude de pastores que utilizam ideologias político-partidárias, ao invés do louvor e adoração ao Deus.

Para Kreutzfeld, Lutero continua sendo referencia em tempos atuais para movimentos da IECLB e inclusive para outras igrejas. O pastor acredita que, com algumas exceções, a Igreja vem cumprindo com o seu papel e é preciso cada vez mais fortalecer o verdadeiro trabalho de evangelização. FJ

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui