Paulo Délcio de Souza sugere criação de novo cargo na Câmara de Fazenda Vilanova; Léo Motta pede vistas ao projeto

Vereadores concederam entrevista ao programa Encontro Maior, da Rádio do Vale AM 820, e abordaram o assunto.


0
Foto: Prefeitura de Fazenda Vila Nova / Divulgação

O vereador Léo Motta (PSD) concedeu entrevista ao programa Encontro Maior, da Rádio do Vale AM 820, falando sobre o pedido de vistas do projeto 01/2021 da Câmara de Vereadores de Fazenda Vilanova. O projeto trata de um novo plano de carreira para os servidores do Legislativo l e cria um novo cargo de assessor. Motta entende como desnecessário. “Os novos vereadores estão fazendo mágica, de uma hora para outra se tornou necessário mais um cargo, sendo que, em meio à pandemia, chegamos a revezar dois funcionários e ambos deram conta do serviço”, explica. O projeto é do presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Délcio de Souza (Republicanos). 


OUÇA A ENTREVISTA 

 


No entendimento de Léo Motta, o Legislativo está esbanjando dinheiro realizando um projeto desses, e por essa razão pediu vistas para que a população tivesse tempo de se manifestar em relação a esse projeto. “Eram 18h20 e ninguém sabia desse projeto, e de uma hora para outra ele surge. Por essa atitude que se deve dar tempo para população, ao menos, se manifestar em relação a isso e não aceitar calada”, afirmou Motta.

Paulo Délcio de Souza entende que a criação do cargo é necessária para melhor atender a população, ponto também disse que não avaliou ainda se vai retirar ou não o projeto de pauta, já que a população vem reclamando nas redes sociais.

O salário do cargo administrativo é de R$ 1.700,00. O presidente da Câmara disse ainda que não há uma pessoa escolhida para assumir a função, mas os critérios de escolha serão a escolaridade e a prática na área administrativa e ressaltou ainda que até agora existem três sugestões de nomes e que indicações ainda podem ser feitas.

Texto: Júlio César Lenhard

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui