Pazuello diz que segue ministro da Saúde e que Bolsonaro não pediu que entregue o cargo

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h


0
Foto: Eraldo Peres / AP Photo

Pressionado, Eduardo Pazuello pode deixar o Ministério da Saúde. Jair Bolsonaro dá sinais de que vai trocar o comando da pasta, e a mais cotada para a vaga é a médica cardiologista Ludhmila Hajjar, que se reuniu com o presidente no Palácio da Alvorada. Fonte: G1

Brasil registra 1.111 mortes em 24 horas; média móvel volta a bater recorde

O país registrou 1.111 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou 278.327 óbitos. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.832, novamente um recorde. Também já são 53 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de 1 mil, 17 dias acima de 1,1 mil, e pelo décimo quinto dia a marca aparece acima de 1,2 mil. Fonte: G1

Mais de 120 concursos públicos com inscrições abertas reúnem 218,4 mil vagas em todo o país

Pelo menos 124 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira e reúnem 218.464 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 16.923,16. Fonte: G1

Governo do Rio Grande do Sul formata mudanças na bandeira vermelha

O governo do Estado define nesta semana quais serão os novos parâmetros do modelo de Distanciamento Controlado para o enfrentamento da pandemia do coronavírus, que atinge seu pior momento no RS. Apesar das pressões políticas e de setores econômicos no sentido contrário, o estabelecido até agora é que as medidas sejam mesmo de regras mais rigorosas nos protocolos da bandeira vermelha do modelo, uma vez que o governo se prepara internamente para curvas ascendentes de números negativos pelo menos até a metade de abril, e para alcançar a marca de 20 mil mortos ao longo das próximas semanas. O entendimento entre técnicos é de que há verdadeiros “saltos” em partes dos protocolos de determinadas atividades entre a bandeira vermelha e a preta que precisam ser corrigidos em função do alto risco de transmissão que embutem.

Câmara aprova em 2º turno PEC que viabiliza retomada do auxílio emergencial

Por 366 votos a favor e 127 contra, a Câmara dos Deputados aprovou, em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que viabiliza a retomada do auxílio emergencial. A chamada PEC Emergencial prevê mecanismos fiscais para evitar o descontrole dos gastos públicos, e ainda retira a despesa com o benefício da regra do teto de gastos. O presidente Jair Bolsonaro considerou a aprovação da PEC uma ‘vitória’, mesmo com mudanças no texto. Fonte: G1

Ano Letivo nas EMEFs começará de forma remota no dia 15 de março

A Secretaria Municipal de Educação de Teutônia comunicou nesta sexta-feira (12), que o ano letivo nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) iniciarão na segunda-feira (15), de forma remota. O município está cumprindo determinação judicial, que ocorreu em virtude do agravamento da situação pandêmica em todo o território do Estado do Rio Grande do Sul, devido a superlotação dos hospitais e leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Portanto, as aulas presenciais não estão liberadas. As atividades serão enviadas em formato digital para todos os alunos com acesso à internet, conforme organização das escolas municipais. Para os estudantes que não têm acesso, as escolas organizarão uma ação, durante a próxima semana, em modo Drive-Thru, para entrega dos materiais impressos. AI/VM

Estrela iniciará vacinação em idosos a partir dos 75 anos

A campanha de vacinação contra a Covid-19 segue em ritmo acelerado em Estrela. A mobilização das equipes de saúde do município teve sequência na sexta-feira (12), quando abriu nova etapa, para pessoas com mais de 77 anos; e prosseguirá nesta segunda-feira (15) e terça-feira (16), já incluindo idosos com 76 e 75 anos ou mais, respectivamente. A novidade será o novo local: Parque Princesa do Vale, mas ainda em drive thru. Mais informações no Centro de Triagem Covid (3981-1098) e na Vigilância em Saúde (3981-1136). Ao todo já foram vacinados 2.193 estrelenses em primeira dose e 808 com a segunda dose. AI/VM

Prefeitura de Lajeado negocia com hospital de Bom Retiro convênio para leitos de internações

Após firmar contrato com Marques de Souza para atender pacientes que precisem de internação hospitalar, mas não leitos de UTI, a Prefeitura de Lajeado está em tratativas com o Hospital de Caridade Sant’ana (HCSA) de Bom Retiro do Sul. Conforme explicou o prefeito Marcelo Caumo em entrevista no programa Troca de Ideias, nestes casos, seriam encaminhados pacientes que receberam um primeiro atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lajeado. O hospital de Marques de Souza tem 21 leitos de internação e quatro respiradores. Já o HCSA tem cerca de 50 quartos para internação. Marcelo Caumo diz que os atendimentos na UPA, nos postos de saúde e nas centrais da Unimed e no HBB têm reduzido nos últimos dias. Segundo ele, é um indicativo importante sobre a expansão da Covid-19 em Lajeado. Porém, a ocupação de leitos de UTI ainda não apresenta baixa no Hospital Bruno Born (HBB). VM

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui